França

Uefa ameaça punir Domenech por acusações polêmicas

Raymond Domenech corre o risco de pagar alto por suas polêmicas declarações. Nesta sexta-feira, Michel Platini, presidente da Uefa, ameaçou punir o treinador da seleção francesa caso não apresente provas sobre seus comentários a respeito de uma suposta armação de resultados.

Em entrevista publicada na edição desta quinta-feira do diário Le Parisien, Domenech afirmou estar preocupado com a arbitragem da próxima partida contra a Itália, pelas eliminatórias da Eurocopa-08. “Assisti a uma partida entre França e Itália, pelo pré-olímpico dos Jogos de Sidney, no qual o juiz estava comprado. Quando se faz isso uma vez, sempre fica uma dúvida. Há fraudes no futebol italiano”, disse o técnico.

No jogo, os Bleus ficaram com a menos em campo desde os dez minutos, quando Bassila foi expulso. Além disso, foram dados nove cartões amarelos aos franceses – um deles exatamente para Domenech.

Os comentários desagradaram Platini. “Enviaremos uma carta à federação francesa para que Domenech nos mostre as provas daquilo que afirmou. Se elas não existirem, ele será punido”, explicou, em entrevista ao diário L’Équipe.

Cardoso Cortez Batista, árbitro da referida partida, defendeu-se das acusações do técnico. “Trabalhei em quase cem jogos internacionais. Não é fácil lembrar-se de todos, mas isso não tem nada a ver. Não me coloquem em polêmicas”, disse.

Jean-Pierre Escalettes, presidente da federação francesa, enviou uma carta a Giancarlo Abete, máximo dirigente da federação italiana. “As opiniões manifestadas pelo treinador referem-se apenas a ele. Esperamos que o jogo de 8 de setembro [pelas eliminatórias da Eurocopa-08, em San Siro], aconteça no mesmo espírito esportivo do duelo em Saint-Denis”, afirma.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo