FrançaLigue 1

Todos querem Dembélé, mas quem decide futuro do destaque da Ligue 1 é a mãe do garoto

Antes de novembro, só os mais fanáticos por futebol de base o conheciam. Poucos meses depois, fãs de futebol de todos os cantos ouvem seu nome, e os principais clubes do mundo ensaiam uma batalha por sua contratação na próxima janela. Ousmane Dembélé precisou de pouco tempo para mostrar do que era capaz e, com grandes atuações e quebra de recorde, virou a promessa do momento do futebol europeu. Mas talvez valores altos e a possibilidade de grandes conquistas não sejam suficientes para atrai-lo para fora do Rennes. Antes de tudo, os clubes que o desejam precisarão convencer sua mãe.

VEJA TAMBÉM: Zlatan sendo Zlatan: “Se trocarem a Torre Eiffel por minha estátua, prometo ficar no PSG”

Em entrevista ao Guardian, Badou Sambagué, empresário do francês de 18 anos que tem deixado todos na Ligue 1 de boca aberta, afirmou que seu cliente – e amigo – esteve próximo de deixar o Rennes antes mesmo de a temporada começar e de assinar seu primeiro contrato profissional, mas que, sob influência de sua mãe, Fatimata Dembélé, preferiu continuar na equipe, que, com importante contribuição do garoto, faz campanha surpreendente e pode parar na Champions League da próxima temporada.

“É ela quem vai decidir o futuro do Ousmane. Quando ele quis sair no último verão, sua mãe lhe disse que queria que ele continuasse no Rennes e assinasse seu primeiro contrato profissional. No fim, ele não teve escolha”, explicou Sambagué ao jornal inglês.

A decisão acabou compensando poucos meses depois. Em novembro, Dembélé fez sua estreia pelo time principal do Rennes. Em seu primeiro jogo como titular, já deixou um gol, e de lá para cá são dez marcados em 19 jogos – além de cinco assistências. O número de bolas na rede em tão pouco tempo fez do garoto o jogador mais jovem a chegar à marca na história da Ligue 1, que já teve jovens como Martial e Henry despontando cedo. Algo que Dembélé jamais teria chance de realizar se tivesse aceitado a proposta de € 2 milhões do Red Bull Salzburg no último verão ou se o Manchester City transformasse seu interesse em uma oferta, já que, por um momento, Patrick Vieira, que chefiava as categorias de base dos Citizens, acompanhou de perto o garoto.

“O Ousmane tinha escolha entre três ou quatro clubes. Ele disse: ‘Badou, não sou profissional ainda, estou apenas treinando com o time principal. Quero melhorar, e como vou fazer isso se não jogo?’ Mas ele teve uma boa oportunidade de ganhar experiência em um time que o conhece bem. Se ele tivesse ido para outro lugar, talvez tivéssemos que esperar para que ele disputasse partidas. No Rennes, ele se estabeleceu no time e agora todos podem ver do que ele é capaz. Ele tem um sonho de se tornar um bom jogador, passo a passo. Não de ir para um clube grande e simplesmente ser esquecido”, avaliou seu empresário.

Atualmente, a lista de suspostos interessados no futebol de Dembélé é longa. Na partida em que chegou a dez gols na Ligue 1, a goleada por 5 a 2 sobre o Olympique de Marseille, “uma lista de clubes suficientemente longa para criar sua própria Superliga Europeia”, como descreveu o Guardian, estava representada por olheiros que foram até o Vélodrome acompanhar o jovem artilheiro, que brilhou também com uma assistência após bela jogada individual.

Gol e assistência na goleada sobre o Marseille (clique no vídeo para vê-lo no YouTube):

Dembéle impressionou também no dérbi contra o Nantes, em 6 de março, quando marcou três gols enquanto era observado pelo presidente esportivo do Barcelona. Mais recentemente, o rumor era de que o Bayern de Munique teria acertado a contratação do jovem, algo já desmentido pelo agente do francês. Além dos dois gigantes, uma longa relação de clubes demonstrou interesse no atleta, com a Premier League emplacando vários possíveis destinos para o talento do atacante: Arsenal, Manchester City, Tottenham, Chelsea, West Ham etc.

O show de Dembélé no clássico contra o Nantes (clique no vídeo para vê-lo no YouTube):

Comparado a Neymar pela habilidade e velocidade com que consegue driblar e mudar de direção em suas jogadas ofensivas, Dembélé tem sido bastante elogiado publicamente, e Mikaël Silvestre, ex-jogador do Manchester United e hoje uma espécie de conselheiro presidencial no Rennes, o chamou de “novo Cristiano Ronaldo” e previu sua inclusão na lista da Bola de Ouro daqui a algumas temporadas. As expectativas são altas demais para alguém que surgiu apenas há alguns meses para o futebol francês, mas justificadas pelo tanto que Dembélé já conseguiu fazer em tão pouco tempo.

Confira abaixo alguns lances de Dembélé na temporada:

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo