França

O choro de Beckham ao se despedir da torcida do PSG

38 anos, quase 800 partidas na carreira, inúmeros títulos conquistados (e claro, muitos euros na conta do banco também). Tudo isso tem um fim.

Se dizem que o jogador de futebol morre duas vezes, uma ao se aposentar e outra ao falecer de fato, talvez David Beckham tenha experimentado um pouco dessa sensação de partida.

Ao ser substituído diante do Brest na vitória do Paris Saint-Germain por 3 a 1 dentro do Parc des Princes, o inglês passou a faixa de capitão que vestiu pela última vez e foi aplaudido de pé pela torcida parisiense. Indo às lágrimas e tendo seu cabelo bagunçado por Lavezzi, Beckham não fez questão de manter toda a classe que apresentou durante sua carreira e deixou o campo para ser abraçado pelos colegas.

Ainda antes de caminhar para a lateral, foi abraçado e reverenciado por Lucas e outros jogadores do PSG que aproveitaram a breve pausa para entrar em campo e prestar uma homenagem ao meia. Detalhe para a festa com as cores da bandeira francesa que os parisienses estavam usando.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo