Ligue 1

Ligue 1 confirma que reduzirá número de clubes de 20 para 18 a partir de 2023/24

Comunicado da Ligue 1 confirma que quatro clubes serão rebaixados na próxima temporada, de modo a reduzir de 20 para 18 participantes

A Ligue 1 confirmou que reduzirá o número de clubes de 20 para 18 a partir da temporada 2023/24. Para isso, haverá o rebaixamento de quatro times na temporada 2022/23. A confirmação veio em um comunicado em que a liga divulgou as primeiras datas para a próxima temporada, que será ajustada por causa da disputa da Copa do Mundo, em novembro e dezembro de 2022.

LEIA TAMBÉM: Morre Bernard Tapie aos 78 anos: títulos, idolatria e prisão marcaram ex-presidente do Olympique de Marseille

A decisão foi tomada pelos diretores da Ligue de Football Professionnel (LFP), que dirige as duas primeiras divisões na França, a Ligue 1 e Ligue 2. As duas principais ligas francesas reduzirão seus participantes de 20 para 18. Nas duas ligas, quatro clubes serão rebaixados em 2022/23 e só dois irão subir. Por isso, não serão disputados playoffs na próxima temporada, tanto na Ligue 1 quanto na Ligue 2.

Só um clube se opôs à redução de clubes: o Metz. Como era preciso maioria, a mudança foi aprovada. “A mudança no formato das competições é o primeiro passo em uma reforma mais ampla para promover a Ligue 1 e Ligue 2 para a próxima rodada de negociações dos direitos de TV pós-2024”, diz a LFP.

A liga francesa terá ajustes no seu calendário da próxima temporada. Começará no dia 6 de agosto de 2022 e irá terminar no dia 4 de junho de 2023. Haverá uma paralisação após a 15ª rodada, nos dias 12 e 13 de novembro para a disputa da Copa do Mundo. O campeonato será retomado com uma novidade: haverá uma espécie de Boxing Day, com jogos da 16ª rodada nos dias 28 de dezembro e os da 17ª rodada no dia 1º de janeiro de 2023.

A Ligue 2 começa no dia 30 de julho de 2022 e será disputada até o dia 3 de junho de 2023. Assim como a Ligue 1, também irá paralisar após o fim de semana do dia 12 de novembro de 2022 para a disputa da Copa do Mundo e será retomada no dia 27 de dezembro, com jogos também no dia 1º de janeiro.

Esta pode ser a primeira das grandes ligas a tomar esse caminho, além da Bundesliga, que já tem 18 clubes. Há conversas para que a Serie A, na Itália, também reduza o número de clubes na primeira divisão para 18 e estão sendo feitos estudos nesse sentido. A liga italiana chegou a ter 16 e 18 clubes por anos. Só voltou a ter 20 em 2004/05, mas há alguns anos se discute uma redução para amenizar o calendário e também melhorar as receitas.

LEIA TAMBÉM: PSG, enfim, conhece o sabor da derrota – o resumo da nona rodada da Ligue 1 2021/22

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo