BundesligaFrança

Guilavogui está em atividade na Bundesliga, mas será candidato às eleições municipais francesas

A França está longe de ter a mesma tradição de jogadores entrando na política que o Brasil, mas uma candidatura chamou a atenção nesta quinta-feira (27). Josuha Guilavogui, atleta em atividade no Wolfsburg, da Alemanha, teve seu nome divulgado na lista de candidatos do prefeito de Toulon, Hubert Falco, para as eleições municipais de 15 e 22 de março.

[foo_related_posts]

Na França, os cidadãos elegem os conselheiros municipais, que por sua vez escolhem o prefeito, embora na prática já se saiba quem serão os representantes de cada grupo. Neste caso, Hubert Falco, prefeito de Toulon desde 2001, revelou nesta quinta-feira sua lista de conselheiros municipais na busca por sua reeleição, com nomes de destaque entre eles. Um deles é o do ator Charles Berling, estrela de filmes como Caindo no Ridículo (1996), Elle (2016) e Lavagem a Seco (1997). Outro é Guilavogui, volante do Wolfsburg revelado pelo Saint-Étienne e natural de Ollioules, a oeste de Toulon.

Como você deve estar imaginando, tão curiosa quanto a indicação é imaginar como é que Guilavogui poderia conciliar as funções de conselheiro municipal com as de atleta na Bundesliga. Pela posição na lista (59º), Guilavogui não tem chance alguma de ser prefeito e tampouco deverá ter papel importante no conselho municipal para além do seu poder de voto indireto para prefeito.

Hubert Falco disse à imprensa que foi o próprio jogador que pediu para participar da lista. Entretanto, os nomes indicados à lista são uma manobra de popularidade comumente adotadas pelos futuros prefeitos para angariar votos – que explica um jogador de futebol e um ator na relação de Falco.

Por outro lado, a imprensa francesa destaca o que pode ser o começo de novos tempos. Três ex-jogadores serão candidatos nas eleições municipais deste ano, um número incomum. São eles Ludovic Obraniak, Patrick Revelli e Vikash Dhorasoo. Este último com destaque especial, já que colidera a lista do partido França Insubmissa para o 18º arrondissement de Paris. Na capital francesa, a eleição municipal é diferente. A votação é feita separadamente nos arrondissements, que são divisões administrativas na cidade.

Se o histórico brasileiro servir de lição, os franceses saberão que é preciso diferenciar a atuação esportiva da política dos novos candidatos. É preciso ouvir com atenção o que têm a dizer à sociedade para além do que fizeram em campo.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo