FrançaLigue 1

Em estreia de Beckham, PSG vence Marseille

A noite era especial em Paris. Com as presenças de Ronaldo, homenageado no pontapé inicial, e Samuel Eto’o, nos camarotes, o maior clássico francês prometia ser eletrizante no Parc des Princes.

De igual para igual, ninguém na França consegue jogar com o Paris Saint-Germain. Se os parisienses realmente se empenharem em campo, a tarefa de vencer o time escalado por Carlo Ancelotti se torna dificílima. Foi com essa missão que o Olympique de Marseille foi encarar o time da casa nesta noite de domingo.

Entretanto, faltou sorte aos visitantes, que além da pressão sofrida, viram N’Koulou desviar uma bola contra a própria meta e derrubou o goleirão Mandanda. Lucas arrumou um bom espaço perto da área e soltou o chute, para infelicidade do setor defensivo celeste.

Bem verdade que o PSG ainda colocou uma bola na trave e organizou algumas belas jogadas. Dominou grande parte do jogo e não teve trabalho durante toda a primeira etapa, quando poderia ter estabelecido uma vantagem maior. Sem chutar ao gol de Mandanda, os parisienses dependiam de um lampejo de Ibrahimovic ou um momento de Lucas, que mesmo bem marcado, conseguiu se sair bem.

Enquanto Pastore cochilava na esquerda do ataque e ia melhor na marcação, o brasileiro se mexia e procurava espaços na defesa do Marseille, que teve vida mansa na etapa complementar. De vez em quando Ibrahimovic ou Lavezzi partiam em velocidade para tentar pegar a retaguarda oponente desprevenida, sem sucesso.

Os 45 minutos finais foram todos do OM, que levou o jogo para perto da área do PSG e conseguia ter tempo para ditar seu ritmo. Muitas bolas alçadas para Gignac, que até tentou, mas não surtiu muito efeito em cima de Armand e Alex. Dono do segundo tempo, o Marseille não conseguia passar da barreira que protegia a meta de Sirigu. Em alguns lances, Valbuena ameaçou ser o elemento decisivo, chutando bem de fora, mas a bola passou apenas perto das traves.

Também era dia de estreia no PSG. Beckham, que assinou ao fim de janeiro com a equipe, aqueceu durante todo o segundo tempo e entrou aos 30, na vaga de Pastore. O inglês foi imediatamente aplaudido. Na prática, foi discreto, mas participou da jogada que originou o segundo gol da partida. Ménez carregou a bola até a ponta direita e chutou para o meio da área. O zagueiro Lucas Mendes desviou, a bola resvalou no joelho de Ibrahimovic e foi para as redes, já nos acréscimos.

Festa dos locais, que viram uma exibição interessante das duas equipes. Cada uma teve um período para tentar vencer, mas prevaleceu o time parisiense, que acabou chegando menos. Nessa Ligue 1, quem tem Ibrahimovic já conta com meio caminho andado. Com três pontos de vantagem sobre o Lyon, o PSG respira sossegado e isolado na tabela até a próxima semana.

Confira os resultados da 25ª rodada:

Sexta-feira, 22/fev
Nice 2×0 Reims

Sábado, 23/fev
Rennes 2×2 Sochaux
Évian 0×1 Montpellier
Valenciennes 0×0 Toulouse
Troyes 0×0 Bastia
Nancy 0×3 Saint Étienne
Ajaccio 1×3 Lille

Domingo, 24/fev
Lyon 3×1 Lorient
Bordeaux 0x2 Brest
Paris Saint-Germain 2×0 Olympique de Marseille

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é editor-chefe da Revista Relvado, zagueiro ocasional, ex-jornalista, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo