FrançaLigue 1

Decisivo no clássico, Ibra produz mais gols do que qualquer um nas cinco principais ligas

Pode até ser que a frequência das jogadas plásticas de Zlatan Ibrahimovic não venha sendo tão grande nesta temporada. Porém, o sueco é mais eficiente do que nunca na Ligue 1. Em 20 partidas pelo campeonato, o camisa 10 balançou as redes 21 vezes e deu oito assistências, a sua maior média de participação em gols desde que chegou ao Paris Saint-Germain. Números que também fazem a diferença com a bola rolando. Neste domingo, Ibra liderou os parisienses na difícil vitória sobre o Olympique de Marseille, dentro do Vélodrome. O artilheiro abriu o placar no clássico e, com uma frieza incrível, deu o passe para o tento decisivo de Ángel Di María, definindo o triunfo em 2 a 1 para os visitantes.

VEJA TAMBÉM: Menino estava sendo passado para trás, mas Ibra o defendeu com belo gesto

A atmosfera nas arquibancadas do Vélodrome, como de costume, era fantástica. Os marselheses cantavam a plenos pulmões, enquanto exibiam mosaicos. Só que toda a festa não intimidou Zlatan. Logo no primeiro ataque do PSG, o centroavante abriu o placar, desviando cruzamento de Maxwell. Do outro lado, entretanto, o Olympique começou a pressionar. Chegou ao empate aos 24 minutos, após grande jogada individual de Rémy Cabella. E quase buscou a virada, em um bombardeio que contou com bola salva por Maxwell em cima da linha.

Criando mais também na etapa complementar, o Marseille tomou um duro golpe aos 26 minutos. Ibra recebeu em velocidade na área, na saída de Mandanda. Mas, ao invés de se afobar com o goleiro fora da meta, preferiu observar o lance. Viu Di María livre na área, para abrir a marcação e retomar a vantagem. Alvo de uma garrafa de água atirada pela torcida, o argentino respondeu na bola, como vem fazendo tão bem nesta temporada. No fim, os marselheses ainda tentaram buscar o empate, mas não aproveitaram as melhores chances.

Ibrahimovic teve participação direta em 29 gols do PSG na Ligue 1, mais do que qualquer outro jogador nas cinco grandes ligas europeias. Em segundo lugar na lista, aparecem Gonzalo Higuaín, Cristiano Ronaldo e Luis Suárez – todos com 26 tentos na conta. Além disso, a média do veterano é insuperável: 1,45 gols + assistências por partida. Quem mais se aproxima disso é Gareth Bale, com 1,4. Somente Higuaín marcou mais gols que Zlatan nos cinco campeonatos, enquanto em assistências o sueco aparece no Top 10. Não fossem as rodadas que perdeu por lesão, o camisa 10 poderia até mirar seus próprios recordes no Francês.

Obviamente, o nível da Ligue 1 é o mais baixo comparado com os demais campeonatos, e o PSG tem sobrado ainda mais nesta temporada. Mesmo assim, não dá para menosprezar os números de Ibra, primordial também nos jogos difíceis. Das 20 vezes em que ele esteve em campo, só não fez gol ou deu assistência em três. Já são seis rodadas consecutivas balançando as redes. Não à toa, os parisienses lideram com 24 pontos de vantagem sobre o Monaco e somam o dobro de pontos do Marseille. A campanha promete terminar recheada de recordes coletivos, talvez a primeira invicta da história da França. Outra vez, com grande parcela de responsabilidade de Zlatan.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo