França

Benzema será julgado por chantagem no caso da sextape de Valbuena

O Ministério Público de Versalhes anunciou nesta quinta-feira (7) que Karim Benzema, atacante do Real Madrid, deverá ser julgado no tribunal criminal de Versalhes para responder sobre o caso da sextape de Mathieu Valbuena em 2015. Benzema é acusado de “tentativa de chantagem” no episódio que lhe rendeu a expulsão da seleção francesa, para a qual não é chamado desde a preparação para a Eurocopa de 2016.

Em 2015, quando Valbuena e Benzema eram companheiros de seleção francesa, o meio-campista, hoje no Olympiacos, da Grécia, foi vítima de uma tentativa de chantagem por parte de um indivíduo que teria acesso a um vídeo íntimo do jogador. Amigo de infância de um dos envolvidos, Benzema agiu como um intermediário para resolver a situação. O atacante do Real Madrid é suspeito de ter incitado Valbuena a pagar os chantagistas.

O Ministério Público informou que outras quatro pessoas também serão julgadas no caso por tentativa de chantagem, com um deles também respondendo por abuso de confiança.

O caso, com origem em 2015, teve desde então vários recursos. Apesar de um pedido de invalidação feito pela defesa de Benzema, a investigação havia sido validada pela primeira vez pelo Tribunal de Apelação de Paris em 2018. Após decidir pela validade das provas relativas às ações de um policial disfarçado, a Corte de Cassação confirmou a legitimidade da investigação em dezembro de 2019, fazendo o processo avançar.

Em julho de 2020, o Ministério Público de Versalhes havia pedido um processo contra Benzema por “cumplicidade em tentativa de chantagem”, o que agora foi, enfim, determinado.

Advogado de Benzema, Sylvain Cormier afirmou que ele e seu cliente, “infelizmente, não estamos surpresos. Trata-se de uma decisão tão absurda quanto é previsível”. A defesa de Valbuena, por outro lado, afirmou que a decisão de levar o caso a julgamento é “a continuação lógica da investigação que estabeleceu perfeitamente a participação de diversas pessoas”.

Karim Benzema não é mais chamado para a seleção francesa desde o surgimento do caso. Didier Deschamps, a algumas semanas da Eurocopa de 2016, realizada na França, teve que responder a acusações de Eric Cantona de que teria cedido a uma pressão de “uma parte racista da França”. Benzema, ele próprio, acusa o treinador de acatar ordens que teriam vindo do alto comando da Federação Francesa, nomeadamente, Noël Le Graët, presidente da entidade.

Benzema elevou seu status no futebol mundial ao longo dos últimos cinco anos, especialmente a partir da saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid, tornando-se a principal figura de um dos maiores clubes do mundo. Campeão do mundo pela França em 1998 e hoje técnico do atacante, Zinédine Zidane recentemente afirmou que Benzema era o “melhor atacante da história do futebol francês”, acrescentando a declarações passadas em que afirmava que o jogador deveria ter seu espaço na seleção francesa.

Valbuena, vítima na situação, também acabou fora da seleção francesa e nunca mais retornou. Em entrevista à RMC Sport no fim de 2019, afirmou: “Não acho que mereci isso, fiz muito pela seleção francesa. Na convocação seguinte (à sextape), o Deschamps me ligou para me dizer que não me levaria, só para me proteger. Fui duplamente punido por algo de que fui vítima. Doeu não fazer mais parte da seleção de forma injusta. Hoje, é uma pena, e isso me entristece”.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!