Europa

Monstro! Drogba estreia com gol e vitória no Galatasaray

Didier Drogba precisou de pouco tempo para dar motivos à torcida do Galatasaray festejar. Mais precisamente, de cinco minutos. Relacionado pela primeira vez, o atacante saiu do banco de reservas e brilhou na vitória do Cim Bom sobre o Akhisar, pelo Campeonato Turco. O marfinense marcou o primeiro gol e ainda teve participação direta no segundo do triunfo por 2 a 1, completando estreia perfeita.

Fatih Terim iniciou a partida com seu usual 4-4-2. Wesley Sneijder foi escalado aberto pela esquerda, enquanto Burak Yilmaz e Umut Bulut compunham a linha de frente. Como esperado, o Galatasaray esteve no controle do jogo durante todo o tempo, mas a falta de pontaria prejudicou. Das nove finalizações, apenas duas foram em direção ao gol, sem perigo.

Diante das carências do Cim Bom, Terim decidiu promover a entrada de Drogba aos 18 minutos do segundo tempo. E certamente não se arrependeu. Com cinco minutos em campo, o marfinense marcou o primeiro gol. Sneijder lançou Burak Yilmaz, que levantou a bola para a área. Mesmo marcado por dois defensores, o camisa 12 cabeceou para as redes.

Três minutos depois, seria a vez de Drogba retribuir o presente. Após tabelar com Sneijder, o atacante invadiu a área e dividiu com o goleiro Oguz Daglaroglu. A bola sobrou limpa para Burak Yilmaz, que não perdoou. No fim, o Akhisar ainda conseguiu diminuir o placar, com gol de Sertan Vardar, mas não estragou a festa.

O Galatasaray lidera o Campeonato Turco com folgas, abrindo oito pontos de vantagem sobre o Besiktas, que ainda joga na rodada. Agora, os Aslanlar se concentram para a partida contra o Schalke 04, na próxima quarta-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. E já podem crescer as expectativas sobre Drogba, inscrito no torneio, após a estreia.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo