Champions LeagueEuropa

SCHALKE 04 X GALATASARAY

Jogo de ida
20/fevereiro, 16h45
Türk Telecom Arena, Istambul (TUR)

Jogo de volta
12/março, 16h45
Veltins Arena, Gelsenkirchen (ALE)

Confrontos anteriores
Nunca se enfrentaram

O mapa da mina para o Schalke 04

Michel Bastos comemora o golaço marcado em sua estreia pelo Schalke 04, contra o Greuther Fürth

Ao menos em relação à Liga dos Campeões, os Azuis Reais esperam manter a antítese vivida na temporada. O Schalke fez campanha consistente na fase de grupos do torneio continental, mas despenca no Alemão, com duas vitórias nas últimas 12 rodadas. Contratado em dezembro para substituir Huub Stevens, o técnico Jens Keller não consegue encontrar o melhor encaixe e utilizou três esquemas táticos nas últimas três partidas. Para piorar, o artilheiro Klaas-Jan Huntelaar é dúvida para o primeiro confronto. Sem o centroavante, o principal recurso ofensivo são as investidas em diagonal, potencializadas por Jefferson Farfán e o recém-contratado Michel Bastos. Já a defesa, mesmo liderada pelo bom Benedikt Höwedes, peca desorganização – é a quinta pior da Bundesliga.

O mapa da mina para o Galatasaray

Sneijder foi o primeiro dos "Galacticos de Istambul" a estrear

Prometendo causar impacto no continente, o Galatasaray foi o clube que melhor se reforçou para a fase final da Liga dos Campeões. Oferecendo salários milionários, o Cim Bom trouxe Wesley Sneijder e Didier Drogba, tarimbados por conquistas recentes na competição. Os astros se juntam ao bem montado time de Fatih Terim, que fechou a fase de grupos com três vitórias consecutivas. A equipe prima pelo vigor físico, especialmente no ataque, onde Burak Yilmaz se sobressai como artilheiro do torneio. Armado geralmente no 4-4-2, o time sinaliza a mudança para o 4-4-1-1, visando acomodar Sneijder e resolver a falta de criatividade que por vezes acontece. Outro problema é o espaço excessivo deixado na defesa pela lentidão na recomposição.

Destinos cruzados

A migração turca é marcante na Alemanha e o Galatasaray pode esperar pelo apoio das arquibancadas em Gelsenkirchen. Hamit Altintop, inclusive, nasceu na cidade e defendeu o Schalke por quatro anos no início da carreira, recebendo a primeira convocação para a seleção turca quando estava nos Azuis Reais.

Formações prováveis

Galatasaray x Schalke

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo