Europa

Romênia recorrerá à Fifa se Argentina não jogar amistoso

O presidente da Federação Romena de Futebol (FRF), Mircea Sandu, escreveu uma carta destinada a Julio Grondona afirmando que a Romênia recorerrá à Fifa, caso a Argentina não jogue o amistoso que estava agendado para o dia 10 de agosto, em Bucareste.

Na última segunda-feira, a AFA (Associação do Futebol Argentino) afirmou em nota que o jogo com a Romênia estava cancelado, por conta da demissão do treinador Sergio Batista. A Federação Romena de Futebol (FRF) argumenta que a maior parte dos ingressos foram vendidos e afirma que já pagou a AFA antecipadamente pelas despesas que a seleção argentina teria com transporte e estadia.

“Aproveito esta oportunidade para alertar que toda a Romênia espera ansiosamente pelo amistoso. A esse respeito, gostaria de informar que 90% dos ingressos estão vendidos, um fato que coloca uma grande pressão sobre a federação romena”, disse Mircea Sandu na carta endereçada a Julio Grondona.

“Peço ao sr. presidente que analize a situação e respeite o contrato assinado pelas duas partes (incluindo a presença em Bucareste dos jogadores como Messi, Tevez, Huguaín, Mascherano, etc.), já que a federação romena respeitou o contrato, fez dois pagamentos para a sua federação, já fez as reservas para a sua delegação há meses, sem contar o esforço enorme da prefeitura de Bucareste, com o propósito de terminar todas a obras do estádio a tempo a fim de garantir a melhor organização do jogo.”

“Se a AFA se recusar a jogar a partida por conta de uma decisão própria da sua federação, consederaremos isso uma decisão abusiva e uma infração em relação ao acordo mencionado, o que nos forçará a recorrer à Fifa e pedir para as reparações para os danos.”

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo