Europa

Quando Ferguson anunciou multa aos jogadores do Aberdeen com um belo poema

Os jogadores do Aberdeen não entenderam quando chegou o pagamento, no final da semana, e £ 3 haviam sido descontadas de cada um. Ninguém havia dito nada, nem a diretoria, e nem o técnico Alex Ferguson, o promissor treinador que comandava o clube e viria a trabalhar no Manchester United. Eis que chega uma carta, assinada por Ferguson, explicando o que havia acontecido por meio de um poema.

LEIA MAIS: Ferguson aposentou-se duas semanas após falar de projeto e garantir a Evra que ficaria

Segundo Neil Simpson, ex-meia escocês, no livro Tales From The Dugout: Football at the Sharp End, do jornalista Richard Gordon, da BBC da Escócia, em um dia da pré-temporada em Benidorm, na Espanha, o elenco ficou um pouco entediado. Neale Cooper e John Hewitt dividiam um quarto no décimo andar e tiveram uma brilhante ideia. Jogara uma bola da varanda para descobrir o quanto ela subiria depois de bater no chão. Ela bateu na borda da piscina, passou por cima da cerca e nunca mais foi vista.

O problema é que Ferguson estava sentado na piscina vendo toda a traquinagem se desenvolver. Decidiu multar todos os jogadores com um poema muito bem construído que você pode conferir abaixo, no original em inglês e traduzida para o português.

Você notará pelo cheque do seu salário
que o multei em três libras
por ter jogado uma bola do décimo
andar para o térreo do Hotel.

Eu sei que você não vai gostar
e provavelmente está irritado
Mas, por favor, não me culpe
A culpa é de quem realizou esse truque

Você já deve ter percebido que estou muito alerta
sobre qualquer um estúpido o bastante para repetir essa história
Então, antes que você decida fazer mais pegadinhas
Na próxima vez, não haverá um cheque no banco para você

Alex Ferguson
Poeta laureado por Govan (distrito de Glasgow)

poema do ferguson

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo