Champions LeagueEuropa

Por que é hora de parar com essa história de animais que fazem previsões

O Polvo Paul foi interessante, ele realmente acertou tudo na Copa de 2010, a torcida se divertiu, os espanhóis o homenagearam. Em seguida, ele morreu. E não precisou viver para acompanhar seu legado. Sorte dele. Sempre que tem um grande evento, aparece um animal tentando adivinhar quem vai ganhar. Quer dizer, o animal só quer brincar ou comer, mas os humanos teimam em dar significado àquilo.

Aconteceu agora na Europa. Um elefante supostamente indicaria se o vencedor da final da Liga dos Campeões seria Borussia Dortmund ou Bayern de Munique. O paquiderme agora se juntou a polvo, sagui, burro, golfinho, anta, porco-espinho, hipopótamo e periquito como oráculos do reino animal. Bom momento para alguém abrir uma casa de apostas na Arca de Noé. (continua)

Para ler o post completo, clique aqui.

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.
Botão Voltar ao topo