Europa

Pequenos na Liga Europa

Na próxima quinta, 16 de setembro, começa a fase de grupos da Liga Europa, e os dois nanicos que chegaram nela, por azar (ou sorte?) caíram no mesmo grupo, o E: BATE Borisov e Sheriff Tiraspol.

O Sheriff, eterno campeão da Moldávia, foi parar na LE após a eliminação nos playoffs da Liga dos Campeões, diante dos suíços do Basel. Pela segunda vez seguida, os moldávios bateram na trave.

Já o BATE, de Belarus, caiu fora da LC ainda na terceira preliminar, quando foi eliminado pelo FC Copenhagen, da Dinamarca. Nos playoffs da Liga Europa, despacharam os portugueses do Marítimo com autoridade, vencendo as duas partidas.

O grupo de BATE e Sheriff na Liga Europa ainda tem o AZ Alkmaar, da Holanda, e o Dynamo Kiev, da Ucrânia. Os dois são favoritos sobre os nanicos, mas eles querem ser as zebras da vez.

Armênia: Banants segue firme na liderança

O Pyunik, eterno campeão armênio, está tendo sua hegemonia ameaçada na atual temporada. Ainda faltam nove rodadas para o fim do campeonato, mas o Banants segue firme na liderança, com 45 pontos, cinco a mais que o Pyunik, e seis à frente do Ulisses, terceiro colocado. Nos confrontos diretos entre Banants e Pyunik, os líderes venceram uma vez e empataram outras duas.

Ainda haverá mais um confronto, pelo quarto turno (o campeonato armênio é jogado em quatro turnos de pontos corridos pelos oito clubes participantes, totalizando 28 rodadas). E para completar, Banants e Pyunik dividem a artilharia do campeonato, com o brasileiro Du Bala (do Banants) e o armênio Gevorg Ghazaryan empatados com onze gols.

Belarus: briga acirrada pelo título

Faltam dez rodadas para o fim do campeonato bielorrusso 2010, e a briga pelo título está bem acirrada entre o BATE Borisov, que tem 51 pontos, e o Minsk, com 48. Com a participação do BATE na Liga Europa, o Minsk pode aproveitar o desgaste do rival para surpreender e ficar com a taça. Atrás dos líderes estão o Shakhtyor Soligorsk, com 42 pontos, e o Dynamo Minsk, com 40. Na artilharia, Andrey Razin, do Minsk, e o brasileiro Renan Bressan, do BATE, dividem a ponta com dez gols cada.

Estônia: eternos rivais

Flora e Levadia são os rivais eternos de Tallin, capital estoniana, e para variar, os dois brigam como cão e gato pelo título da Meistriliiga 2010. O Flora leva vantagem, pois tem 66 pontos em 26 partidas, enquanto o rival tem dois pontos a menos, mas uma partida a mais. Bem atrás, vem o Narva Trans, com 55 pontos, e mais longe ainda, Kalju e Sillamäe Kalev, ambos com 45 pontos.

Ilhas Faroe: equilíbrio é seu sobrenome

Apenas seis pontos separam o líder NSÍ Runavik, que tem 40 pontos, do quinto colocado, o ÍF Fuglafjodur, que tem 34, a sete rodadas do fim da Vodafonedeildin 2010. O NSÍ também tem o artilheiro do campeonato, com Christian Hogni Jacobsen, com 14 gols, quatro a mais que Solvi Vathnhamar, do Vikingur, que tem dez.

Geórgia: apenas um invicto

A surpresa das primeiras rodadas da Umaglesi Liga 2010/11 é o Kolkheti Poti, terceiro colocado com cinco pontos, um a menos que os líderes Zestaponi e WIT Georgia. O clube foi vice-campeão da segunda divisão na temporada passada, e dentre os feitos conseguidos até então, derrotou o WIT por 2 a 0 em seus domínios. O clube, fundado em 1913 na cidade de Poti, joga no estádio Fazisi, com capacidade de 7500 lugares, e foi campeão do antigo campeonato da República da Geórgia, quanto esta fazia parte da União Soviética, em 1978 e 1988.

O outro clube que subiu para a primeira divisão, o Torpedo 2008 Kutaisi, está na nona colocação, com apenas dois pontos nas três primeiras rodadas.

Cazaquistão: Tobol segue folgado

O Tobol segue firme na liderança do campeonato cazaque. Com 50 pontos em 23 partidas, tem seten de vantagem para o Irtysh, enquanto o Aktobe é o terceiro colocado com 40. O campeonato, após os dois primeiros turnos (22 rodadas ao todo) dividiu-se em duas metades, onde os clubes jogam mais dois turnos (dez partidas) apenas contra essas metades.

Na metade de cima, ficaram Tobol, Irtysh, Aktobe, Lokomotiv Astana, Atyrau e Shakhter. Na de baixo, Akzhayik, Kairat, Okzhetpes, Ordabasy e Zhetysu.

Moldávia: campeonato começa equilibrado

Já se passaram sete rodadas do campeonato moldávio 2010/11 e o Sheriff ainda não é o líder! O Iskra-Stal e o Dacia Chisinau estão empatados na ponta com 17 pontos, enquanto o Sheriff é apenas o sexto colocado, com doze, mas com uma partida a menos. Resta saber até quando dura o equilíbrio.

Albânia: Flamurtari começa bem

O campeonato albanês 2010/11 mal começou, mas já teve uma grande surpresa: o Flamurtari Vlore lidera com duas vitórias em suas primeiras partidas, uma delas sobre o atual campeão Dinamo Tirana, como visitante, por 1 a 0. Ainda serão 33 rodadas de emoção, mas pelo começo, os grandes não terão vida fácil.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo