Europa

O Dérbi de Edimburgo terminou em confusão, entre a provocação de Neil Lennon e a revolta da torcida

Hibernian e Hearts fazem um clássico de grande rivalidade em Edimburgo, mas sem tanta animosidade. Apesar das diferenças nas origens dos clubes, nem de longe chegam ao clima explosivo e sectário visto em Glasgow. O primeiro duelo aconteceu no Natal de 1875, marcando o primeiro amistoso no país entre escoceses protestantes e imigrantes irlandeses católicos. Costumeiramente passaram a se enfrentar para levantar fundos à caridade e as duas torcidas já se uniram para campanhas contra a violência doméstica. Obviamente, existem alguns episódios de agressões, mas relativamente raros dentro do contexto amplo da Escócia. E um deles aconteceu justamente nesta quarta, tendo o técnico Neil Lennon como protagonista.

Em seus tempos de jogador, Lennon sempre foi um tipo um tanto quanto inflamado. Algo que se manteve em sua carreira à beira do campo e se viu bem no dérbi realizado no Estádio Tynecastle, em Edimburgo. Algumas confusões já tinham acontecido anteriormente. Um torcedor do Hibernian tentou acertar um soco em Bobby Zlamal, quando o goleiro do Hearts foi buscar uma bola atrás do gol, próximo ao setor visitante. Além disso, Florian Kamberi deixou os Hibs com um a menos, por receber dois cartões amarelos em ofensas punidas pelo árbitro. Já o estopim aconteceu nos acréscimos do segundo tempo.

O placar do clássico seguia zerado. Uma bola alçada na área pelo Hearts rendeu um gol de cabeça, gerando uma enorme comemoração nas arquibancadas. Contudo, o tento foi anulado. Em resposta, Neil Lennon começou a provocar os torcedores rivais e pediu para que se sentassem. Quando voltava ao banco de reservas, o técnico do Hibernian foi atingido por uma moeda. Caiu no chão e precisou receber atendimento médico. Depois do jogo, o veterano afirmou que estava bem, mas que “esperava encontrar com o agressor face a face”.

O empate sem gols pode diminuir a vantagem do Hearts, mas não tira o clube da liderança do Campeonato Escocês. A equipe soma 26 pontos em 11 rodadas, com quatro pontos à frente do Celtic, que possui um jogo a menos. O Hibernian é o quinto, com 18 pontos.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo