EspanhaLiga Europa

Xavi: “Estamos satisfeitos pelo resultado, não pelo jogo. Eles nos complicaram muito”

O técnico do Barcelona elogiou a atuação do Eintracht Frankfurt e não gostou tanto do seu time, mas comemorou o empate fora de casa

Xavi Hernández reclamou do gramado, elogiou o seu adversário e também não está satisfeito com o desempenho do Barcelona no empate por 1 a 1 contra o Eintracht Frankfurt, nesta quinta-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Liga Europa, mas comemorou o resultado. Ansgar Knauff abriu o placar para o Frankfurt, no terceiro minuto do segundo tempo, e o Barça empatou, aos 21, com Ferrán Torres.

“Era um rival muito físico, saíram nas transições com tudo, saíram como demônios nas transições, não tivemos circulação de bola e o estado do gramado não nos ajudou também”, disse Xavi. “Falamos na prévia com os jogadores: não tivemos sorte no sorteio. O campo nos prejudicou e o ambiente também. Eles nos complicaram muito. Estamos satisfeitos, não pelo jogo, mas pelo resultado”.

Xavi fez questão de dar muitos méritos ao Frankfurt pelo resultado, lembrando que eles vinham de uma grande eliminatória. “Nós avisamos, eles haviam eliminado uma senhora equipe, como o Betis. Naturalmente, quem propõe mais gera mais chances, mas não conseguimos frear esses contra-ataques endiabrados”, analisou.

O treinador do Barcelona disse que seu time teve dificuldade para encontrar Pedri e Gavi, os meias mais criativos do time, e creditou o gol de empate à qualidade dos jogadores, com participação de Ousmane Dembélé e Frenkie de Jong, duas das suas substituições.

“No final, acho que geramos chegadas pelos lados, embora não tenhamos conseguido tomar boas decisões na última bola, e o gol é um golaço, que começa com Ousmane (Dembélé), com Frenkie e Ferrán marca”, disse, antes de convocar a torcida para o jogo de volta na próxima quinta-feira.

“O Camp Nou terá que ser uma panela de pressão como hoje (quinta-feira) foi o estádio deles”, encerrou, com um elogio ao clima criado pela torcida do Frankfurt.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo