Liga Europa

Em estreia de novo técnico, veteranos asseguram vitória do Olympique de Marseille e classificação às oitavas

Aubameyang, Sarr e Kondogbia fizeram os gols do Olympique de Marseille, que vai às oitavas de final da Liga Europa; partida foi a primeira com Jean-Louis Gasset como treinador do time francês

Finalmente um pouco de paz na semana do Olympique de Marseille. Na estreia do novo treinador Jean-Louis Gasset, o time francês bateu o Shakhtar Donetsk de virada por 2 a 1, no jogo da volta da segunda fase da Liga Europa, e está classificado para as oitavas de final. Na partida, disputada nesta quinta-feira (22), no Estádio Vélodrome, Pierre-Emerick Aubameyang, Ismaila Sarr e Geoffrey Kondogbia asseguraram a vitória francesa, enquanto o jovem Georgiy Sudakov foi o responsável por anotar o gol do time ucraniano.

Com o resultado, o Olympique de Marseille garantiu seu lugar nas oitavas de final da competição continental. Isso porque no jogo da ida, o time francês empatou com o Shakhtar por 2 a 2, na Ucrânia. Agora, a equipe espera o sorteio para definir o seu próximo adversário na Liga Europa.

Brasileiro põe fogo nos primeiros minutos

Por mais que estivesse jogando fora de fora, foi o Shakhtar que começou pressionando. Ainda nos primeiros segundos, Eguinaldo fez tabela e bateu forte dentro da área, mas sua finalização foi travada por Gigot. E o brasileiro foi mais uma vez importante em outro lance ofensivo. Ele foi derrubado dentro da área por Mbemba. Na cobrança, Sudakov deslocou Pau López e abriu o placar aos 12 minutos.

Mas jogando em pleno Velodrome, foi a vez do Olympique de Marseille crescer na partida para ao menos empatar o jogo em casa e também no placar agregado. E o primeiro objetivo foi alcançado aos 23 minutos. Após roubo de bola no ataque, Harit avançou e tocou para Aubameyang. Livre, o gabonês teve tempo de ajeitar e deslocar o goleiro com um belo chute de chapa, para igualar o marcador.

O gol acordou de vez os anfitriões na partida. A equipe francesa passou a controlar a bola e criou boas oportunidades com bolas alçadas na área do Shakhtar. No último lance da etapa final, Aubameyang deu uma casquinha de cabeça para devolver a gentileza e deixar Harit na cara do gol. Mas a finalização do marroquino foi por cima do gol.

Marseille faz valer fator casa para garantir classificação

Na etapa final, o Shakhtar voltou pressionando da mesma forma que fez no primeiro tempo. Aos 5 minutos, Konoplia acertou uma perigosa cabeçada que passou rente à trave de López. Após 3 minutos, o OM respondeu à altura. Após triangulação, Harit rolou a bola para Clauss, mas seu chute de primeira desviou e foi para escanteio.

Mesmo com o placar desfavorável para ambos os times, o ritmo da partida foi caindo conforme o jogo passava. O técnico estreante Jean-Louis Gasset colocou Sarr na vaga de Moumbagna, e aos 29 minutos, a troca se mostrou acertada. Após lançamento vertical, Aubameyang deu um sutil toque de cabeça para o senegalês que livre, fuzilou o goleiro para virar o placar.

Em desvantagem, o Shakhtar voltou a tomar o controle da bola e quase empatou após cinco minutos. Porém, López encaixou a perigosa cobrança de falta de Rakitskiy. Mas aos 36 minutos, o OM fez o terceiro para assegurar a classificação às oitavas. Após cruzamento na área de Clauss, Stepanenko tirou a bola de cabeça do goleiro e na sobra, Kondogbia apareceu livre para completar a bola para o fundo das redes. Após o terceiro gol, o time marselhês soube controlar a bola e segurar o 3 a 1, importante para levantar a moral de um grupo que passa dificuldades na Ligue 1.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo