Liga Europa

Assim será o novo formato da Liga Europa

Grande diferença dos anos anteriores será a implementação do formato de liga, ao invés de grupos na primeira fase

O futebol europeu se prepara para mais uma revolução no formato de suas três principais ligas. A partir da próxima temporada, tudo mudará na maneira como estamos acostumados a acompanhar as principais competições do Velho Continente. Champions League, Conference League e Liga Europa sofrerão uma alteração drástica em sua primeira fase e promete trazer uma nova organização e aumentar ainda mais a competitividade dos torneios.

A primeira grande mudança na fórmula de disputa da Liga Europa e das demais competições europeias será o aumento na quantidade de clubes, que passarão a ser disputadas por 36 times, quatro equipes a mais do que em relação a esta temporada. Outra alteração importante será o fim da fase de grupos, que passará a ser disputada por um sistema de “liga”.

Como será disputado o formato de “liga” na primeira fase da Liga Europa?

Todos os 36 participantes do torneio serão divididos em quatro chaves com nove equipes cada e farão quatro jogos em casa e quatro jogos fora contra adversários dos outros grupos para definir os classificados para a fase mata-mata da competição. Vale lembrar que times do mesmo país não poderão se enfrentar, exceto as nações que destinarem mais de quatro clubes, como as ligas da Inglaterra, Alemanha, Espanha e Itália.

A divisão dos quatro potes será feita com base no ranking da Uefa e apenas o atual campeão do torneio irá para o pote 1, considerado o mais forte pela questão do mérito esportivo. Ao final da primeira fase, os oito clubes mais bem colocados irão diretamente para as oitavas de final, enquanto do 9º ao 24º disputarão um play-off para definir as demais oito vagas para a segunda fase da competição. Os times que ficarem entre a 25ª e a 36ª colocação, serão eliminados automaticamente.

Nos play-offs das oitavas de final da Liga Europa, os 16 clubes entre o 9º e o 24º lugar na fase de liga serão divididos em mais dois potes, sendo do 9º ao 16º e do 17º ao 24º os confrontos serão definidos por sorteio. Os vencedores de cada confronto desta eliminatória se juntam aos demais oito times classificados para a disputa das oitavas de final da competição.

Os confrontos da fase seguinte entre os vencedores dos play-offs e os oito melhores times da primeira parte do novo formato da Liga Europa também serão definidos por sorteio. Quem se classificar diretamente ficará de um lado da chave, enquanto os vencedores da repescagem ficarão do outro lado. Tal sorteio definirá a vida dos clubes restantes até a semifinal do torneio.

Em resumo, a Liga Europa perderá duas rodadas da fase de grupos e ganhará mais uma de mata-mata. Por conta da implementação deste novo formato é possível que o campeão dispute duas partidas a menos.

Como será feita a distribuição das demais quatro vagas da competição?

Diferente dos últimos anos, a nova Liga Europa terá 36 participantes ao invés de 32. Com isso, serão abertas mais quatro vagas na segunda competição mais importante do Velho Continente, que serão ocupadas pelo quarto ou quinto colocado da federação que tiver a quinta melhor liga do ranking da Uefa, que atualmente pertence à França.

Além disso, uma vaga será destinada ao campeão nacional que venha dos play-offs da competição e outras duas vagas serão preenchidas por duas federações que tenham o melhor aproveitamento dos pontos da edição anterior.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo