Europa

Itália x França esquenta eliminatórias da Euro

Qualquer encontro entre campeão e vice da Copa do Mundo mais recente tem status de grande duelo. Mas o Itália x França deste sábado, em Milão, tem ingredientes extras. Além de ser uma espécie de tira-teima entre as duas seleções – os italianos ganharam o Mundial em junho de 2006, os franceses venceram a revanche, pelas eliminatórias da Euro, em setembro do mesmo ano –, é um encontro decisivo para as duas equipes na busca por um lugar na Eurocopa 2008, que será disputada em Áustria e Suíça.

Uma vitória no San Siro é fundamental para as duas equipes, pois ambas sofrem perseguição de Ucrânia e Escócia. Quem perder pode ser alcançado pelos escoceses, que enfrentam os irregulares lituanos, e ver a aproximação dos ucranianos, eu enfrentam os vice-lanternas georgianos e têm um jogo a menos.

Para o clássico, a Azzurra dificilmente contará com o atacante Luca Toni, com dores na coxa. O favorito para ocupar seu lugar é Filippo Inzaghi. Outra novidade pode ser Quagliarella, autor de dois gols contra a Lituânia em junho e que ganha espaço na disputa por uma posição com Camoranesi.

Na França, o principal desfalque é Raymond Domenech. O técnico foi suspenso por uma partida por insinuar que teria havido manipulação de resultado em um jogo do Europeu sub-21. Assim, Domenech ficará nas arquibancadas.

Outra seleção tradicional com confronto decisivo pela frente é a Inglaterra. Os britânicos estão em quarto lugar no grupo E enfrentam os co-líderes israelenses em Wembley. Uma vitória recoloca o English Team em uma boa posição, mas empate ou derrota pode ser definitivo para uma surpreendente eliminação. Até porque Rússia e Croácia, outras equipes que lutam pela classificação, terão uma rodada tranqüila neste sábado.

Para piorar a situação dos ingleses, o técnico Steve McClaren não poderá contar com Wayne Rooney, David Beckham, Frank Lampard e Wayne Bridge, todos contundidos. Com o meio-campo fortemente desfalcado, Steven Gerrard deve entrar em campo, mesmo longe de suas melhores condições. Do lado de Israel, o clima é o inverso. Ygal Antebi, Klemi Saban, Michael Zandberg, Yaniv Katan, Pini Balali e Elyaniv Barda retornam.

Outra seleção que precisa de uma vitória doméstica para seguir em boa situação nas eliminatórias é Portugal. O time comandado por Luis Felipe Scolari é terceiro colocado no grupo A e recebe a líder Polônia. Como a Sérvia, quarta colocada, recebe a Finlândia, segunda, há boa perspectiva de a chave ficar embolada definitivamente.

No grupo E, a Espanha tem um compromisso teoricamente fácil contra a Islândia em Reykjavik. Depois de um início de campanha fraco, a Fúria vem se recuperando, mas ainda não conseguiu alcançar a Suécia e a surpreendente Irlanda do Norte. Os norte-irlandeses vão à Letônia enfrentar a última colocada do grupo e conta com os gols de David Healy, artilheiro de toda as eliminatórias da Euro, para seguir na vice-liderança. Os suecos fazem um clássico escandinavo contra a desesperada Dinamarca, que precisa da vitória para seguir com chances mínimas de classificação.

O grupo G também vê um favorito a perigo. A Holanda está invicta nas eliminatórias, mas empates contra Romênia (em casa) e Bulgária (como visitante) deixou a Oranje em situação delicada, na terceira posição. Neste sábado, os batavos recebem os búlgaros, vice-líderes com um jogo a mais. Um tropeço pode permitir a România abra vantagem e a Bulgária se mantenha na frente.

Nas outras duas chaves, C e D, a rodada não prevê grandes desafios para os líderes Grécia (que folga) e Alemanha. Mesmo na disputa pela segunda posição, a expectativa é de um sábado relativamente tranqüilo. Apenas Irlanda (grupo D) e Bósnia-Herzegovina (C) podem se complicar, visitando Eslováquia e Hungria (ambas fora da disputa).

Veja os jogos deste fim-de-semana (todos no sábado, 8/setembro) e a situação de cada grupo:

Grupo A
Portugal x Polônia
Sérvia x Finlândia
Azerbaijão x Armênia (cancelado)

Classificação: 1) Polônia, 19 pontos; 2) Finlândia, 17; 3) Portugal, 15; 4) Sérvia, 14; 5) Bélgica, 10; 6) Armênia, 8; 7) Cazaquistão, 6; e 8) Azerbaijão, 5.

Grupo B
Escócia x Lituânia
Geórgia x Ucrânia
Itália x França

Classificação: 1) França, 18 pontos; 2) Itália, 16; 3) Escócia, 15; 4) Ucrânia, 12; 5) Lituânia, 7; 6) Geórgia, 6; e 7) Ilhas Faroe, 0.

Grupo C
Hungria x Bósnia-Herzegovina
Moldova x Noruega
Malta x Turquia

Classificação: 1) Grécia, 18 pontos; 2) Bósnia-Herzegovina, Turquia e Noruega, 13; 5) Hungria, 6; 6) Malta, 4; e 7) Moldova, 2.

Grupo D
Gales x Alemanha
San Marino x República Tcheca
Eslováquia x Irlanda

Classificação: 1) Alemanha, 19 pontos; 2) República Tcheca, 14; 3) Irlanda, 13; 4) Eslováquia, 9; 5) Gales e Chipre, 7; e 7) San Marino, 0.

Grupo E
Inglaterra x Israel
Rússia x Macedônia
Croácia x Estônia

Classificação: 1) Croácia e Israel, 17 pontos; 3) Rússia, 15; 4) Inglaterra, 14; 5) Macedônia, 7; 6) Estônia, 3; e 7) Andorra, 0.

Grupo F
Letônia x Irlanda do Norte
Islândia x Espanha
Suécia x Dinamarca

Classificação: 1) Suécia, 18; 2) Irlanda do Norte, 16; 3) Espanha, 15; 4) Dinamarca, 10; 5) Liechtenstein e Islândia, 4; e 7) Letônia, 3.

Grupo G
Luxemburgo x Eslovênia
Belarus x Romênia
Holanda x Bulgária

Classificação: 1) Romênia, 17; 2) Bulgária, 15; 3) Holanda, 14; 4) Albânia, 9; 5) Belarus, 7; 6) Eslovênia, 4; e 7) Luxemburgo, 0.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo