Europa

As confusões de Paok x Olympiakos: pirotecnia, briga com a polícia e sinalizador

O Paok, segundo colocado do Campeonato Grego, recebeu o líder Olympiakos no Estádio Toumba para um duelo importante que terminou sem gols, mas não livre de confusões. Houve enfrentamento entre torcedores do time da casa e policiais antes da partida, um show de pirotecnia nas arquibancadas, sinalizadores atirados ao gramado e briga entre jogadores.

LEIA MAIS: Torcida única não atrapalharia quem quer brigar, mas sim, gente como o Rodrigo e o Eduardo

As primeiras cenas aconteceram cerca de duas horas antes do apito inicial, quando torcedores do Paok brigaram com os policiais no lado de fora do estádio. De acordo com a agência de notícias Associated Press, sete fãs foram presos e cinco oficiais ficaram feridos.

Dentro do estádio, as coisas não foram tão mais calmas. Torcedores do Paok acenderam várias chamas antes da partida, em um lindo e ao mesmo tempo perigoso show de pirotecnia.

Quando a bola rolou, o goleiro Charles Itandje fez pelo menos três boas defesas para garantir o empate para o time da casa. Em um escanteio para o Olympiakos, a torcida do Paok lançou um sinalizador na direção de Alejandro Dominguéz, que se afastou do canto do gramado e começou a brigar com um jogador adversário.

Nisso tudo, quem aproveitou foi o Panathinaikos, que venceu o Panetolikos, por 1 a 0, e se aproximou da segunda colocação. Agora, em terceiro, está apenas um ponto atrás do Paok.

 

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo