Conference League

Resumão da Conference: Dia de sofrimento para os turcos e 11 classificados já definidos

Besiktas e Fenerbahçe tomaram as maiores goleadas da rodada, enquanto os mata-matas começam a se desenhar

A Conference League encerrou sua quinta rodada com um bom número de clubes garantidos nos mata-matas. Nada menos que 11 dos 16 times que passarão à próxima fase estão definidos: Lille, Slovan Bratislava, Gent, Maccabi Tel Aviv, Viktoria Plzen, Club Brugge, Bodo/Glimt, Aston Villa, Fiorentina, PAOK e Eintracht Frankfurt. Ainda há disputas, sobretudo entre primeiro e segundo colocado, valendo um lugar direto às oitavas de final. Mesmo assim, são poucas vagas abertas para a fase decisiva. Abaixo, um resumão da rodada desta quinta.

Grupo A

Ambos os classificados estão definidos na chave. O gramado na Eslovênia estava em péssimas condições por causa da neve, mas o Lille conseguiu anotar 2 a 0 sobre o Olimpija Ljubljana. Rémy Cabella abriu o placar aos 15 minutos, insistindo dentro da área. No segundo tempo, Cabella também deu o passe para Yusuf Yazici fechar a contagem. Já nas Ilhas Faroe, o Slovan Bratislava buscou a virada por 2 a 1 contra o KÍ Klaksvík. Mads Boe Mikkelsen fez o primeiro para os anfitriões. A reviravolta dos eslovacos foi comandada por Juraj Kucka, autor de ambos os gols. O Lille fica com 11 pontos, contra 10 do Slovan. Eliminados, o KÍ tem quatro e o Olimpija somente três. Na rodada final, o Lille tem tudo para garantir a vaga direta nas oitavas, ao pegar KÍ na França.

Grupo B

São dois times também nos mata-matas, faltando ver quem será o líder. O Gent passou o carro na Bélgica, ao golear o Zorya Luhansk por 4 a 1. Malick Fofana marcou no primeiro tempo, enquanto Arsenii Batahov (contra), Gift Orban e Omri Gandelman ditaram a goleada na segunda etapa. Denys Nagnoynyi descontou apenas no final. O Maccabi Tel Aviv também está na próxima etapa, com os 2 a 1 sobre o Breidablik na Islândia. Dan Biton fez o primeiro aos visitantes, Gísli Eyjólfsson empatou e o veterano Eran Zahavi resolveu no final. O Gent tem 13 pontos, contra 12 do Maccabi. Os dois se enfrentam na rodada final, com mando dos israelenses.

Grupo C

O Viktoria Plzen continua galopando na Conference League. Os tchecos sustentam os 100% de aproveitamento na competição e, mesmo com um placar magro, fizeram 1 a 0 na visita ao Ballkani em Kosovo. O gol pintou nos minutos finais, numa cabeçada de Pavel Sulc após escanteio. Já o Dinamo Zagreb vinha em crise e arrancou um triunfo vital na visita ao Cazaquistão, 2 a 0 sobre o Astana. No primeiro tempo, o goleiro Danijel Zagorac pegou um pênalti de Dembo Darboe. Na segunda etapa, os gols vieram com Gabriel Vidovic e Takuro Kaneko. Classificado, o Viktoria Plzen está tranquilo com 15 pontos. O resto é briga de foice: Dinamo com seis, Ballkani e Astana com quatro. A rodada final facilita ao Dinamo, contra o Ballkani na Croácia. O Astana visita o Viktoria Plzen na República Tcheca.

Grupo D

Num dos grupos supostamente mais equilibrados, dois times sobraram. O Club Brugge deu novos motivos à crise do Besiktas, ao enfiar 5 a 0 em Istambul. Casper Nielsen fez o primeiro e Igor Thiago ampliou logo aos 14, sozinho na área. No segundo tempo, Igor Thiago fez mais um, numa pancada após roubada de bola. Raphael Onyedika e Andreas Skov Olsen fecharam o vareio. Já na Noruega, os 5 a 2 do Bodo/Glimt para cima do Lugano eram mais esperados. Amahl Pellegrino (duas vezes), Sondre Fet, Patrick Berg e Oscar Kapskarmo fizeram para o time da casa, com descontos de Zan Celar e Boris Babic. O Club Brugge lidera com 13 pontos e o Bodo/Glimt também está classificado com dez. Na rodada final, os belgas jogam em casa no confronto direto.

Grupo E

O Aston Villa se recuperou da derrota na Polônia e deu o troco no reencontro com o Legia Varsóvia, com o triunfo por 2 a 1 em Birmingham. Moussa Diaby abriu o placar logo cedo, numa bonita jogada individual, e poderia ter ampliado. Ernest Muçi empatou, numa entregada da zaga, mas também com uma batida indefensável na gaveta. Na segunda etapa, o Legia quase virou, com bola na trave. O gol decisivo sairia numa bola parada, em cruzamento preciso de Douglas Luiz para a conclusão de Álex Moreno. Na outra partida, o AZ fez o simples contra o Zrinjski Mostar em Alkmaar, com o placar de 1 a 0. Vangelis Pavlidis anotou o único gol, de pênalti. O Aston Villa está classificado, com 12 pontos, mas não garantido na primeira posição. A briga maior fica com Legia, somando nove, e AZ, com seis. O confronto direto da rodada final é na Polônia, com uma vitória simples bastando aos holandeses.

Grupo F

A Fiorentina venceu um jogo apertado e avançou. Dentro do Artemio Franchi, a Viola buscou a virada por 2 a 1 sobre o Genk, num duelo com amplo domínio dos anfitriões. Joris Kayembe Ditu até fez primeiro para os belgas, mas os italianos empataram com Lucas Martínez Quarta e viraram com Nico González de pênalti. Outro resultado importante se deu na Sérvia, com a virada do Ferencváros por 2 a 1 contra o Cukaricki. Luka Adzic anotou para o time da casa, mas Kristoffer Zachariassen empatou aos 38 do segundo tempo e Aleksandar Pesic virou aos 53. A Fiorentina fica com 11 pontos, contra nove do Ferencváros e seis do Genk. O confronto direto da rodada final ocorre em Budapeste, com o Ferencváros x Fiorentina. Em caso de empate entre Ferencváros e Genk, o saldo vai decidir.

Grupo G

Num duelo de times classificados, o PAOK conquistou um baita resultado para confirmar a liderança: venceu o Eintracht Frankfurt por 2 a 1 na Alemanha. Os gols ficaram para o segundo tempo. Tomasz Kedziora fez o primeiro dos gregos e Omar Marmoush até empatou. Já o triunfo seria cortesia de Andrija Zivkovic, aproveitando a batida de roupa de Kevin Trapp. Num jogo que pouco valia, o HJK Helsinque 2×2 Aberdeen ficou para o folclore. O duelo na Finlândia precisou ser interrompido porque torcedores atiraram bolas de neve no goleiro Kelle Roos. O HJK fez os dois primeiros com Hassane Bandé e Santeri Hostikka, mas Angus MacDonald e Duk deixaram tudo igual. O PAOK passa em primeiro com 13 pontos, enquanto o Frankfurt também está garantido com nove.

Grupo H

Uma das disputas mais emocionantes fica para o Grupo H. Especialmente pelo resultado totalmente surpreendente na Dinamarca: o Nordsjaelland empacotou 6 a 1 contra o Fenerbahçe, que tinha começado tão bem a campanha e vem acumulando tropeços. Lucas Hey e Daniel Svensson anotaram os dois primeiros, enquanto Michy Batshuayi descontou antes do intervalo. A goleada se desenhou no segundo tempo, com uma tripleta de Benjamin Nygren e outro de Christian Kjelder Rasmussen. Na Eslováquia, o Ludogorets sofreu, mas fez 2 a 1 no Spartak Trnava. Kwadow Duah marcou o primeiro e Erik Daniel empatou aos anfitriões. Os búlgaros perderam um pênalti, até Matías Tissera definir a vitória aos 50 do segundo tempo. O Nordsjaelland fica com dez pontos, contra nove de Ludogorets e Fenerbahçe. O lado bom do Fener é que pega em casa o eliminado Spartak Trnava, enquanto os outros concorrentes se digladiam na Bulgária.

Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo