Conference League

Jordi Gómez conseguiu uma proeza: marcou seu segundo gol do meio do campo pelas copas europeias

O veterano já tinha feito um gol do campo de defesa na Liga Europa passada e repetiu a dose na Conference

Jordi Gómez tem uma carreira bastante curiosa. Formado pela base do Barcelona, o meio-campista passou pelo Espanyol, antes de se destacar no Wigan que conquistou a Copa da Inglaterra. Depois disso, rodou por Sunderland e Blackburn, atuou no Rayo Vallecano, se aventurou no Levski Sofia. E, desde 2018, o veterano de 36 anos é uma referência no Omonia Nicósia, do Chipre. Dono da braçadeira de capitão, Gómez aproveita o espaço nas competições europeias. Não à toa, conseguiu uma proeza: marcou um gol do meio do campo contra o Qarabag pela Conference League, algo que já tinha feito há pouco mais de um ano pela Liga Europa.

O golaço anterior de Jordi Gómez aconteceu na fase de grupos da Liga Europa, contra o PSV. Numa cobrança de falta rápida, o espanhol mandou a sapatada de antes da linha central. Pegou o goleiro Yvon Mvogo desprevenido, encobrindo o adversário. O lance até gerou discussão porque a bola ainda estava em movimento, mas a arbitragem não anulou – e não teve o VAR para revisar. Só não deu para conseguir a vitória, já que os holandeses viraram o placar para 2 a 1 no Chipre.

Desta vez, a pintura de Jordi Gómez serviu para arrancar um agonizante empate contra o Qarabag. O relógio já marcava 45 do segundo tempo no Azerbaijão quando, num lance que nem parecia perigoso, o espanhol arriscou o chute de muito longe. A trajetória da bola foi perfeita para acertar o alto da meta, ainda que o escorregão do goleiro Shahrudin Mahammadaliyev tenha evitado qualquer risco. No fim das contas, o golaço garantiu o 2 a 2 para os cipriotas.

O resultado, porém, de nada adianta ao Omonia Nicósia. Já eliminado, o clube cipriota soma apenas três pontos no Grupo H da Conference – no qual Basel e o próprio Qarabag já estão classificados. Jordi Gómez, ao menos, terá histórias para contar. Difícil que alguém consiga repetir seu feito nas competições europeias.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.
Botão Voltar ao topo