Conference League

Conference League: Ajax consegue classificação heroica, e Union Saint-Gilloise faz história em Frankfurt

Nos outros jogos desta quinta-feira, Dínamo Zagreb, Servette, Molde, Olympiacos e Sturm Graz também garantiram vaga nas oitavas de final

Na última quarta-feira (21), conhecemos o primeiro classificado via playoff para as oitavas de final da Conference League. Na Bélgica, o Maccabi Haifa aprontou para cima do Gent. Após vencer o jogo de ida por 1 a 0, os israelenses seguraram o ímpeto dos belgas, empataram (1 a 1) na casa do adversário e carimbaram passaporte para próxima fase. Já nesta quinta-feira (22), outras 14 equipes entraram em campo e batalharam pelas sete vagas restantes.

Em um dos jogos mais emocionantes do playoff, o Ajax precisou de prorrogação para superar o Bodo/Glimt, da Noruega. Depois de empate por 2 a 2 em Amsterdã, o gigante holandês fez 2 a 1 fora de casa, com gols de Berghuis e Taylor, e avançou.

Já o modesto Union Saint-Gilloise surpreendeu o Eintracht Frankfurt em pleno Deutsche Bank Park. Com o 2 a 2 em Bruxelas, os belgas, ao contrário do que muitos imaginavam, fizeram jogo corajoso em solo alemão e venceram por 2 a 1. Cameron Puertas e Dennis Eckert marcaram os gols do histórico triunfo.

Dínamo Zagreb, Servette, Molde, Olympiacos e Sturm Graz também avançaram ao baterem, respectivamente, Real Betis, Ludogorets, Legia Varsovia, Ferencváros e Slovan Bratislava.

Ajax soube sofrer e eliminou o Bodo/Glimt na bacia das almas

No Estádio Aspmyra (Noruega), casa do Bodo/Glimt, o Ajax teve apenas 36% de posse de bola e nove finalizações (três na direção do gol), enquanto os noruegueses deram 26 chutes, sendo nove no alvo. Os números não mentem. De fato, o time mandante teve muito mais volume de jogo e criou o suficiente para merecer a vaga nas oitavas. No entanto, futebol não é sobre merecimento, mas sim efetividade. Neste quesito, a equipe holandesa se saiu melhor e conseguiu uma importante classificação.

O primeiro tempo foi praticamente todo do Bodo/Glimt. O time norueguês teve mais a bola e finalizou nove vezes – quatro na direção do gol. O Ajax, por sua vez, se defendeu e chutou uma única vez. Os donos da casa só não marcaram porque Ramaj estava em campo. Afinal, o jovem goleiro alemão operou três defesas cruciais e salvou os holandeses. Espalmou um chute de Evjen (a pelota ainda beijou a trave), encaixou cabeçada de Saltnes na pequena área e tirou com o pé um arremate de Hauge de muito perto. Sabe aquele único chute do Ajax? Foi gol. Em erro de Berg, Berghuis recuperou a posse, deixou com Brobbey e apareceu na área para concluir e abrir o placar.

No segundo tempo, logo no primeiro minuto, o Ajax ficou com 10 em campo. Último homem da defesa em jogada perigosa, Sutalo fez falta e acabou expulso. Assim, os holandeses baixaram ainda mais as linhas, se retrancaram e sofreram um verdadeiro bombardeio. Bolas no travessão, chuveirinho na área, milagres em cima da linha. Rolou de tudo um pouco e os visitantes se seguraram. Até que aos 20′, Gronbaek foi expulso e deixou o Bodo/Glimt também no prejuízo. Apesar disso, a equipe da casa seguiu pressionando e conseguiu o empate graças a Berg, que acertou belo chute da entrada da área, aos 38′.

Na prorrogação, nada mudou. Exceto o resultado final. O Glint continuou em cima do Ajax e a virada parecia questão de tempo. Só parecia. Aos 10 minutos do segundo e último tempo extra, após escanteio pela direita, a bola sobrou limpa para Kenneth Taylor na esquerda. Não se sabe se ele tentou cruzar ou chutar, mas fato é que ela entrou e o Ajax está classificado.

Letal, Union Saint-Gilloise faz história em Frankfurt

O criticado Dino Toppmöller, técnico do Eintracht Frankfurt, tem mais uma papelão para ser justificado aos torcedores do clube. Além da tímida e mediana campanha na Bundesliga, o campeão da Liga Europa em 2021/22 caiu de maneira precoce na atual edição da Conference. Diante do modesto, porém talentoso Union Saint-Gilloise, a equipe alemã foi derrotada por 2 a 1 dentro de casa. O empate na partida de ida (2 a 2), disputada em Bruxelas, deixa a eliminação ainda mais dolorosa e vexatória, já que bastava um triunfo simples na Deutsche Bank Park.

No começo do segundo tempo, o Frankfurt perdeu a bola no meio-campo e propiciou o contra ataque do Union Saint-Gilloise. Mohamed Amoura foi acionado no lado esquerdo, invadiu a área, clareou a jogada se livrando de três marcadores e serviu Cameron Puertas. De primeira, o meio-campista suíço acertou chute no canto, sem chances para Kevin Trapp.

Mais confortáveis após o gol, os visitantes aumentaram a contagem com 34′ no relógio. Em cobrança de escanteio, a defesa alemã afastou parcialmente e a bola caiu nos pés de Dennis Eckert, que encheu o pé e estufou as redes. Contra a parede, o Frankfurt fez o que lhe restou: se lançou ao ataque de maneira desesperada e pressionou os belgas. Até conseguiu descontar, com Dina Ebimbe, mas foi insuficiente para evitar a eliminação.

Outros resultados desta quinta na Conference League

  • Ludogorets 0 x 1 Servette (Servette avançou)
  • Ferencváros 0 x 1 Olympiacos (Olympiacos avançou)
  • Légia Varsóvia 0 x 3 Molde (Molde avançou)
  • Slovan Bratislava 0 x 1 Sturm Graz (Sturm Graz avançou)
  • Ferencváros 0 x 1 Olympiacos (Olympiacos avançou)

Veja todos os times das oitavas de final da Conference League

Líderes da fase de grupos

  • Lille
  • Maccabi Tel Aviv
  • Viktoria Plzen
  • Club Brugge
  • Aston Villa
  • Fiorentina
  • PAOK
  • Fenerbahçe

Classificados via playoff

  • Dínamo Zagreb
  • Ajax
  • Maccabi Haifa
  • Servette
  • Molde
  • Olympiacos
  • Union Saint-Gilloise
  • Sturm Graz
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo