Champions League

Valverde cita ingrediente especial para Real buscar classificação contra o City

Autor do gol de empate no Bernabéu, Valverde admite força do Manchester City no Etihad, mas crê em classificação do Real Madrid

Real Madrid e Manchester City protagonizaram um dos melhores jogos da atual temporada do futebol europeu. Na última terça-feira (9), no Santiago Bernabéu, as duas equipes empataram por 3 a 3, em duelo válido pela ida das quartas de final da Champions League, e deixaram o confronto completamente aberto para a partida de volta. Apesar do enorme equilíbrio, muitos apontam o clube inglês como favorito no segundo embate. O motivo? Os Citizens não perdem há cinco anos e meio no Etihad Stadium em jogos de Champions. A última derrota foi em setembro de 2018, diante do Lyon.

Mesmo ciente da força do Manchester City, Federico Valverde, meio-campista do Real Madrid, confia no elenco merengue e crê na classificação espanhola dentro do Etihad. O uruguaio admitiu a vantagem do adversário de decidir a vaga em casa, mas chamou atenção para a experiência de alguns jogadores madridistas que já venceram cinco vezes a Champions League — Luka Modric, Dani Carvajal, Nacho e Toni Kroos –, algo que, para ele, conta muito no confronto eliminatório.

— Está muito equilibrado. Somos dois dos melhores (times) da Champions League. Somos duas equipes muito boas. Eles têm aquela vantagem de jogar em casa, mas vamos lutar e tentar fazer o melhor. Vamos lutar, como sempre fazemos. Temos muitos jogadores que venceram cinco Champions League, temos de fazer com que isso conte.

— Sempre há uma primeira vez [para encerrar o recorde do City em casa]. É preciso sempre acreditar, ter convicção. Nós, especialmente, somos exemplos nisso para que os torcedores acreditem. Somos os primeiros a acreditar que isso pode ser feito. Temos que trabalhar muito, cada jogador tem que dar tudo em cada bola e se todos puxarmos na mesma direção acho que conseguiremos.

Valverde não aprovou o empate no Bernabéu

Autor do terceiro gol do Real Madrid no empate contra o Manchester City, Valverde não gostou do resultado dos 90 minutos iniciais do confronto. O meio-campista uruguaio elogiou a reação merengue após a virada dos Citizens, mas disse que o resultado teve um gosto amargo, assim como no ano passado, quando Real e City ficaram no 1 a 1 no Santiago Bernabéu.

— Não é bom porque gostaríamos de ter vencido. O empate parece o do ano passado, como uma derrota. O importante é que respondemos ao objetivo deles. Estivemos bem, com o 2 a 1 faltou pressioná-los um pouco mais alto para que se sentissem desconfortáveis. E obviamente tem o cansaço, muitos minutos de perseguição e foi mais difícil sair no contra-ataque.

— Foi incrível marcar. Gostaria que o resultado tivesse sido diferente para poder comemorar e ver minha família comemorar.

Antes de pensar no City, Real Madrid tem compromisso importante por La Liga

Além do título da Champions League, o Real Madrid mira também a conquista de La Liga. Líder do certame, com 75 pontos ganhos, o clube merengue visita o Mallorca, neste sábado (13), pela 31ª rodada da competição. A bola rola a partir das 13h30 (horário de Brasília), no Estadi Mallorca Son Moix.

Segundo colocado, o Barcelona tem 67 pontos e encara o Cádiz, fora de casa, também no sábado, às 16h (horário de Brasília).

Próximos jogos do Real Madrid

  • Mallorca x Real Madrid – La Liga – 13/04
  • Manchester City x Real Madrid – Champions League – 17/04
  • Real Madrid x Barcelona – La Liga – 21/04
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo