Champions League

Olé! Barcelona colocou o Manchester United na roda

Barcelona se impôs com autoridade e tranquilidade e conquistou seu terceiro título europeu

Foi um baile, um verdadeiro massacre. Tirando os primeiros dez minutos de partida, não se viu Manchester United no estádio Olímpico de Roma. O Barcelona, que esteve a um minuto de ficar fora da final, se impôs com autoridade e tranquilidade, e conquistou seu terceiro título europeu.

Em sua primeira temporada, Pep Guardiola conquista simplesmente a Tríplice Coroa: liga, copa e LC. Nunca antes na história desse país (no caso, a Espanha), isso havia acontecido. Com um time remendado, cheio de jogadores que, em outras mãos, voltariam aos reservas e seriam negociados depois. Xavi, Iniesta e Messi os absolutamente acima da média, coadjuvados, na final, por Eto’o, Puyol e Piqué – cuja juventude inspirava, antes, da partida, cuidados.

Do outro lado, o “mestre dos magos” Sir Alex Ferguson se confundiu. Mandou a campo um time torto, com uma formação à qual não estava acostumado, e nunca mais conseguiu consertar. Não aprendeu com o Chelsea, e quis se defender do que não se pode se defender – ao invés de atacar o que seria fácil de atacar. E, ao perceber o erro, se lançou num 4-1-5 suicida ao ataque. Só poderia dar no que deu.

Mesmo que só tenha havido uma equipe em campo, isto por si só torna a partida sensacional: não é qualquer coisa se anular o Manchester United tricampeão inglês.

Visca el Barça! Viva Guardiola!

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo