Champions League

Senhor Champions League: Ancelotti amplia recorde e não cansa de fazer história

Técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti chega a sua sexta final de Champions e busca o quinto título do torneio

Que a relação entre Real Madrid e Champions League é algo impressionante e arrebatador, todos já sabem. Mas o que falar da trajetória de Carlo Ancelotti na maior competição de clubes do mundo? Nesta quarta-feira (8), o técnico italiano fez história mais uma vez e ampliou um recorde que já pertencia a ele. Com a vitória de virada do clube merengue sobre o Bayern de Munique por 2 a 1, o comandante madridista conquistou vaga para sua sexta final de Champions, se tornando o primeiro treinador a alcançar tal número.

Vencedor nato, Ancelotti tem três finais de Champions à frente do Real Madrid (2014, 2022 e 2024) e três no comando do Milan (2003, 2005 e 2007). No quesito títulos, o técnico de 64 anos também lidera: são quatro taças para o italiano. Vale destacar ainda que o ex-volante venceu a orelhuda em duas oportunidades como jogador, ambas pelo Rossonero: um bicampeonato em 1989 e 1990.

E os feitos do italiano não param por aí. Ancelotti é o treinador com mais jogos e vitórias na Champions League. Em 203 partidas, Don Carlo obteve 115 triunfos.

Técnicos com mais finais de Champions League

  • Carlo Ancelotti: 6 (Milan 2003, 2005, 2007 / Real Madrid 2014, 2022 e 2024)
  • Marcello Lippi: 4 (Juventus 1996, 1997, 1998, 2003)
  • Alex Ferguson: 4 (Manchester United 1999, 2008, 2009, 2011)
  • Pep Guardiola: 4 (Barcelona 2009, 2011 / Man City 2021, 2023)
  • Jürgen Klopp: 4 (Dortmund 2013 / Liverpool 2018, 2019, 2022)
  • Miguel Muñoz: 4 (Real Madrid 1960, 1962, 1964, 1966)

Técnicos com mais títulos de Champions League

  • Carlo Ancelotti: 4 (Milan 2003, 2007 / Real Madrid 2014, 2022)
  • Bob Paisley: 3 (Liverpool 1977, 1978, 1981)
  • Zinédine Zidane: 3 (Real Madrid 2016, 2017, 2018)
  • Pep Guardiola: 3 (Barcelona 2009, 2011 / Man City 2023)

O que Ancelotti disse após mais uma classificação para final?

— Bem, aconteceu de novo. O que aconteceu outras vezes, que é inexplicável, aconteceu de novo. É algo mágico e não tem explicação. Mas novamente uma torcida incrível, um estádio que ajuda. Os jogadores fizeram uma temporada que ninguém esperava, nem eu. Chegar à final é um sucesso, não importa o que aconteça. Há uma felicidade contagiante na atmosfera. Tenho que me preparar bem para o que está por vir.

— Aqui está o capitão, que se chama Florentino Pérez, e todos somos marinheiros. Ele conseguiu reunir esta magnífica geração de jogadores. O Real Madrid é uma família muito bem gerida pelo seu presidente.

A trajetória de Ancelotti desde seu retorno ao Real Madrid

Carlo Ancelotti retornou ao Real Madrid em junho de 2021, oito anos após sua primeira passagem pelo clube. O italiano chegou para substituir Zinedine Zidane, que decidiu se desligar do comando da equipe no final de maio. E logo de cara, Don Carlo fez história. Conquistou o título de LaLiga em 2021/22 e se tornou o primeiro técnico a vencer as cinco principais ligas da Europa — La Liga, Ligue 1, Premier League, Bundesliga e Serie A.

Na mesma temporada, Ancelotti levou o Real ao título da Champions League e passou a ser o treinador com mais troféus do torneio, com quatro. Em janeiro de 2023, coroou seu grande trabalho à frente do time madridista faturando o Mundial de Clubes, realizado no Marrocos. Na final, a equipe espanhola contou com o brilho de Vinicius Júnior e goleou o Al-Hilal por 5 a 3.

Em dezembro do ano passado, Ancelotti renovou contrato com o Real Madrid e pôs fim às especulações que o apontavam como o próximo técnico Seleção Brasileira. Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, chegou a garantir publicamente sua contratação, mas o italiano sempre se esquivou do tema em coletivas e nunca afirmou que assumiria a Canarinho.

O novo vínculo de Ancelotti com o Real Madrid vai até junho de 2026. Na atual temporada, o clube merengue garantiu antecipadamente o título de LaLiga, e agora vai em busca de seu 15º troféu de Champions League. O adversário na grande decisão europeia será o Borussia Dortmund, que eliminou o Paris Saint-Germain na última terça-feira (7). A bola rola a partir das 16h (horário de Brasília) do dia 1º de junho, no Estádio de Wembley, em Londres.

Ancelotti assegura sua sexta final de Champions League como técnico (Foto: Icon Sport)

Estes são todos os títulos de Ancelotti como técnico

Real Madrid

  • 2x Champions League: 2013/14 e 2021/22
  • 2x LaLiga: 2021/22 e 2023/24
  • 2x Mundial de Clubes: 2014 e 2022
  • 2x Copa do Rei: 2013/14 e 2022/23
  • 2x Supercopa da Uefa: 2014 e 2022
  • 2x Supercopa da Espanha: 2021/22 e 2023/24

Milan

  • 2x Champions League: 2002/02 e 2006/07
  • 1x Serie A: 2003/04
  • 1x Mundial de Clubes: 2007
  • 1x Copa da Itália: 2002/03
  • 2x Supercopa da Uefa: 2003 e 2007
  • 1x Supercopa da Itália: 2004

Chelsea

  • 1x Premier League: 2009/10
  • 1x Copa da Inglaterra: 2009/10
  • 1x Supercopa da Inglaterra: 2009

Bayern de Munique

  • 1x Bundesliga: 2016/17
  • 2x Supercopa da Alemanha: 2016 e 2017

Paris Saint-Germain

  • 1x Ligue 1: 2012/13

Juventus

  • 1x Taça Intertoto da Uefa: 1999
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo