Champions League

Joselu viveu uma montanha-russa de emoções em Real Madrid x Napoli e seu último ato em campo foi… um pedido de desculpas

Joselu perde caminhão de gols, mas se redime e sacramenta vitória do Real Madrid no Bernabéu

Nesta quarta-feira (29), o Real Madrid bateu o Napoli, de virada, por 4 a 2, no Santiago Bernabéu, foi a 15 pontos e garantiu a primeira colocação do Grupo C da Champions League. A noite foi especial para toda a equipe merengue, mas por pouco Joselu não saiu de campo cabisbaixo. O experiente atacante espanhol de 33 anos desperdiçou uma série de chances claras de gol e irritou não só a torcida presente no estádio, mas também a si mesmo.

Um dos grandes baratos do futebol é a capacidade que um jogador tem de se recuperar em questão de minutos. Joselu fez isso. No apagar das luzes, quando o árbitro estava prestes a apitar o final do jogo, o ótimo Jude Bellingham, que já havia marcado seu gol no primeiro tempo, deu passe primoroso e achou o camisa 14 na área. Livre de marcação, o atacante só teve o trabalho de empurrar para as redes e sacramentar o triunfo madridista.

Alegria. Mas acima disso alívio e redenção. Joselu viveu um misto de sentimentos após deixar sua marca contra o Napoli. Na comemoração do gol, o atacante, chateado com os tentos perdidos ao longo da partida, pediu desculpas aos torcedores pelos erros cometidos e rendeu reações na imprensa espanhola, que questionou o técnico Carlo Ancelotti sobre o tema.

Ancelotti sai em defesa de Joselu

Perguntado sobre a surpreendente reação de Joselu depois de anotar o quarto gol do Real Madrid no jogo, Carlo Ancelotti saiu em defesa do atacante. Nas palavras do comandante italiano, um jogador só deve pedir desculpas quando o mesmo não se esforça no dia a dia de trabalho. Para o técnico, o camisa 14 desempenhou bem seu papel e se esforçou em prol do clube.

– Ele fez o seu trabalho. Não peço a um atacante que sempre marque gols. Ele trabalhou muito bem. Marcar gols é importante para ele, mas um jogador só precisa se desculpar quando não trabalha e ele sempre funciona -, disse Ancelotti.

A trajetória de Joselu até o retorno ao Real Madrid

O Real Madrid perdeu Benzema para o Mundo Árabe. Com a saída do excelente atacante francês, muito se falou sobre uma reposição a altura. Alguns nomes badalados chegaram a ser especulados, mas o clube merengue resolveu apostar no pouquíssimo midiático Joselu. Ele foi cedido pelo Espanyol por empréstimo de uma temporada, com opção de compra dos direitos econômicos ao final de 2023/24.

Revelado pelo Celta de Vigo, Joselu já tinha defendido o Real Madrid anteriormente. O atacante chegou nas categorias de base do clube aos 20 anos e atuou por duas temporadas no Real Castilla, o time B do Real. Em 2011/12, os 26 gols em 36 jogos com a camisa do Castilla chamaram a atenção e o levaram pela primeira vez à equipe principal dos merengues. Mas ele não teve espaço para jogar.

Antes de retornar ao Real Madrid, Joselu passou pelos seguintes times: Hoffenheim, Stoke City, Newcastle, Deportivo, Alavés e Espanyol. Neste último, anotou 17 gols em 38 jogos na temporada 2022/23. Pelo Real Madrid neste ano, já balançou as redes sete vezes e concedeu duas assistências.

Próximos jogos do Real Madrid

  • Real Madrid x Granada – La Liga – 2/12
  • Real Betis x Real Madrid – La Liga – 9/12
  • Union Berlin x Real Madrid – Champions League – 12/12
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo