Champions League

Galtier sobre trio Messi, Neymar e Mbappé: “Eles gostam de jogar juntos, o jogo foi de nível excepcional”

Trio de ataque do PSG com Messi, Neymar e Mbappé teve atuação excepcional no jogo contra o Maccabi Haifa, pela Champions League, e erecebeu elogios do técnico

O Paris Saint-Germain viveu uma noite de Champions League de festa nesta terça-feira, com vitória por 7 a 2 sobre o Maccabi Haifa e um show do trio de ataque com Lionel Messi, Neymar e Kylian Mbappé. Os três fizeram gols na partida e tiveram uma atuação de destaque na partida e foram elogiados pelo técnico Christophe Galtier.

“O objetivo era se classificar, isso foi feito. Agora há uma partida restando, temos que ter um bom desempenho em Turim para ficar em primeiro, isso é muito importante para mim. Sobre a partida, obviamente fiquei muito satisfeito, ainda que nos faltou algumas coisas no começo do segundo tempo e um pouco de rigor para contar o adversário. À parte disso, estou feliz com o desempenho do time, que jogou um futebol fantástico. Houve muitas ações entre as linhas, nossos três atacantes foram incríveis, com uma conexão muito grande entre eles”, afirmou Galtier.

“Seria pretensioso achar que temos o melhor time do mundo, ainda que ache meus jogadores extraordinários no ataque. Temos que encontrar um sistema, uma organização e complementos no meio também, assim eles podem se expressar mais livremente. Todo mundo sabe a qualidade técnica dos três, quando eles têm a bola, avançam rápido, jogam bem e é muito prazeroso de ver”, continuou ainda o técnico.

“É muito bom treiná-los todos os dias e vê-lo fazer isso esta noite, para um técnico é como o Santo Graal. Temos uma sequência de partidas e precisamos gerenciar. Também temos que pensar em quem colocamos atrás para liberá-los da melhor forma possível. Eles gostam de jogar juntos, eles trabalham juntos todos os dias, o jogo foi de nível excepcional. Excepcional! Vi os jogadores se divertirem muito e isso é muito importante. Isso deve continuar. O sistema foi interessante contra o Marseille, contra o Ajaccio e novamente esta noite funcionou bem. Foi tudo benéfico para o time”, analisou Galtier.

Uma novidade que tivemos no jogo do PSG foi a estreia de Warren Zaire Emery, de apenas 16 anos e sete meses, o que o tornou o jogador mais jovem a disputar uma partida de Champions League pelo PSG na história. Galtier foi perguntado sobre as razões para colocar o garoto em campo.

“Organizações precisam ser gerenciadas e escolhi incluir Warren nos relacionados pelo que ele tem mostrado nos treinos, pelo que mostrou na Youth League (a Champions League sub-19) e na preparação. Também pareceu importante para mim mandar um sinal aos jogadores jovem para mostrar que mesmo quando você é jovem, muito jovem, você pode jogar pelo PSG”, comentou o treinador.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo