Europa

Campanha irretocável

Boa parte dos países europeus não vê futebol no começo do ano, seja por conta do inverno que interrompe os campeonatos ou porque os times ainda estão se preparando para a temporada que começa em fevereiro.

Enquanto isso, representantes da Estônia, Letônia, Lituânia, Belarus, Moldova, Azerbaijão, Cazaquistão e Armênia, estiveram em ação nas duas últimas semanas, enfrentando times da Rússia, Ucrânia, Uzbequistão, Tadjiquistão, Quirguistão, Turcomenistão, Finlândia e a seleção sub-21 da Rússia.

Apesar de ser uma competição internacional, a Copa da Comunidade dos Estados Independentes não recebe grande importância por parte de alguns países. O russo Zenit, por exemplo, jogou com a equipe sub-21. Já o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, mandou seu time B. Mas o campeonato vale mesmo para os menores, que têm a chance de comemorar um título internacional.

E o título da Copa da CEI, realizada em São Petersburgo, ficou com o time azeri Inter Baku, que bateu o Shakhtsyor Salihorsk de Belarus após um empate sem gols no tempo normal, que seguiu-se até a prorrogação. Na disputa por pênaltis, precisou cobrar seis vezes para levantar a taça inédita para a equipe do Azerbaijão.

Apesar de ser calouro no campeonato, a campanha foi irrepreensível. Em seis partidas, o Inter Baku não sofreu nenhum gol e teve o ataque mais positivo, com 16 tentos marcados. Além disso, teve o artilheiro da competição: ?irts Karlsons, que balançou as redes sete vezes.

Se fica a tristeza para o Shakhtsyor Salihorsk pelo vice-campeonato, ao menos a campanha foi consistente. Na fase de grupo venceu duas e empatou uma. Nas quartas de final, passou pelo Dínamo de Kiev e pelo FC Skonto, da Letônia, nas semifinais.

O representante da Letônia parou no vice-campeão, mas conquistou bons resultados. Com três gols do brasileiro Nathan Junior, o Skonto se classificou sem dificuldades e passou pelo Esteghlal Sushanbe, do Tadjiquistão, nas quartas de final.

Outro que fez o possível, mas não conseguiu passar das quartas de final, foi o Mika Yerevan, da Armênia. Classificado com a segunda vaga do grupo do Skonto, o time armênio parou no campeão Inter Baku, após sofrer uma goleada por 4 a 0.

Vida mais difícil tiveram outras equipes que nem passaram da primeira fase. O moldávio Iskra-Stal até somou quatro pontos no Grupo A, mas no saldo de gols ficou de fora. No Grupo B, o Tobol Kostanay do Cazaquistão não foi páreo para o Skonto e o Kia Yerevan, e mesmo com quatro pontos somados avançou às oitavas de final.

Pelo Grupo C, o atual campeão estoniano, Flora Tallinn, venceu apenas uma e as duas derrotas, para Shakhtsyor Salihorsk e Zenit, decretaram a curta participação na competição. No Grupo D, o Ekranas da Lituânia decepcionou. Com apenas um ponto somado e a pior da defesa da competição (9 gols), o time lituano se despediu ainda na primeira fase.

Albânia

No retorno da Superliga Albanesa, o Flamurtari mostrou que está no caminho para alcançar o título. Após a vitória sobre o Kastrioti, a equipe manteve a vantagem para o vice-líder Skënderbeu e para o Vlaznia Shkodër.

A briga, entretanto, deve apertar se o Skënderbeu vencer o Tirana no complemento da 17ª rodada. Caso saia vitorioso, reduzirá a diferença para apenas três pontos.

Andorra

Com apenas mais uma rodada para o término da primeira fase, os classificados com antecedência já estão pensando no quadrangular final. Lusitanos, Sant Julià, FC Santa Coloma e UE Santa Coloma só cumprem tabela no dia 30 de janeiro.

Liechtenstein

Enquanto o Vaduz aguarda o reinício da segunda divisão suíça, o jeito é jogar amistosos para não perder o ritmo. Em janeiro foram dois. No primeiro, o time de Liechtenstein enfrentou o time B do Stuttgart e arrancou um empate em 1 a 1. No outro amistoso, o Vaduz empatou novamente em 1 a 1, dessa vez contra o SCR Altach, da terceira divisão austríaca.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo