Europa

Ainda no aeroporto, festa da torcida do Fenerbahçe para Van Persie teve até sinalizador

Entre os fãs de futebol, os turcos certamente estão pelo menos no top 5 de mais fanáticos do mundo. A paixão do povo turco é sempre notável em jogos por competições europeias e no apoio irrestrito durante outras partidas, mas também se manifesta sempre que algum grande jogador chega ao país para defender um dos times tradicionais. Com Van Persie, que deixou o Manchester United para acertar com o Fenerbahçe, a história não foi diferente. Em sua chegada à Istambul neste domingo, o holandês mal saiu do Aeroporto Internacional Sabiha Gökçen e já pôde sentir o calor da massa do Fener.

VEJA TAMBÉM: Era apenas a estreia, mas Gerrard já parecia um líder no Galaxy

Uma emissora turca transmitiu ao vivo os primeiros passos de Van Persie na Turquia, desde a caminhada dentro do aeroporto até sua saída para se encontrar com os torcedores. Do lado de fora do aeroporto, os microfones também o esperavam, e seu discurso quase não pôde ser transmitido, tamanha era a quantidade de fumaça gerada pelos sinalizadores da torcida.

Depois de uma temporada difícil pelo Manchester United, com lesões e a dificuldade do próprio time de se encontrar coletivamente e manter uma sequência boa de atuação, o centroavante espera reencontrar na Turquia parte do seu bom futebol. Aos 31 anos, se conseguir se manter afastado dos problemas físicos, tem futebol suficiente para fazer diferença significativa em uma liga de nível técnico muito mais baixo que a inglesa, onde por tantas temporadas brilhou. Apoio para isso, com as imagens abaixo mostram, não irá faltar.

[galeria_embeded]

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo