Europa

Acredite se quiser: goleiro leva tiro na cabeça e não percebe

Sarajevo será sempre Sarajevo no quesito balas perdidas. E a história a seguir prova isso, assim como mostra que os cidadãos já levam naturalmente a rotina de tiroteios aleatórios na cidade.

Duško Krtalica tem 51 anos e estava jogando futebol por uma equipe amadora no bairro de Boljakov Potok, região isolada em Sarajevo. Pouco antes do fim do jogo, repentinamente sentiu um mal estar, uma dor de cabeça forte, os braços bambas e dificuldade para falar. Foi atendido prontamente no hospital da Universidade de Sarajevo. Ora pois, tudo indicava que eram indícios de um acidente vascular cerebral…

Realizados os exames, a equipe médica constatou que Duško tinha uma bala alojada em seu crânio (!!!). Foi aí que o pobre goleiro lembrou que deu uma cabeçada na trave e que essas dores poderiam ter sido resultado do choque.

Tudo bem, vamos relevar o fato de que ele não percebeu ter levado um tiro na cabeça. E aí que vem a parte mais bizarra.

A bala que acertou a cabeça de Duško foi disparada durante um casamento nas adjacências do campo e a polícia de Sarajevo encontrou outros 12 projéteis no local, prendendo Sejna Ligatu, identificado como autor da façanha de atingir um inocente que estava bem longe dali. De acordo com o jornal sérvio Telegraf, Duško já teve a bala removida da cabeça e não corre risco de vida.

Então, meus amigos: caso vocês levem um tiro na cabeça durante uma partida de futebol, chamem um médico. Vocês podem não ter a mesma sorte (ou azar) de Duško. E esse (não) foi mais um “Acredite se quiser”, com Jack Palance. Até a próxima.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é editor-chefe da Revista Relvado, zagueiro ocasional, ex-jornalista, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes
Botão Voltar ao topo