Europa

A ‘promissora geração belga’ tem futuro mesmo sem a bola

Falar sobre a “promissora geração da seleção belga” já se tornou até lugar comum. Os Diabos Vermelhos contam com vários nomes badalados no elenco, como Vincent Kompany, Marouane Fellaini e Eden Hazard. E os jogadores tem mostrado que não são bons apenas no papel. E também não só em campo, onde a equipe tem justificado o rótulo de favorita a uma vaga na Copa do Mundo de 2014.

Se nada der certo com a bola nos pés, os belgas poderão se agarrar a uma câmera e serem felizes. Ao invés do videogame, do truco ou da caxeta, a principal diversão das concentrações da Bélgica é a gravação de vídeos engraçados para o Instagram. Uma moda lançada por Jan Vertonghen e Moussa Dembélé, que agora passou a contagiar também Romelu Lukaku. E aí, para isso pelo menos da para confiar em todo o potencial dos aclamados Diabos Vermelhos?

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo