Estados Unidos

Tudo (verde e) azul

Depois de uma noite pela Concachampions em que nada deu certo, o Seattle Sounders visitou o Columbus Crew em busca de afirmação da MLS, mas ninguém achou que aquilo fosse possível, visto o jogo da meio da semana. Na quarta, os Rave Greens foram até a Costa Rica precisando de um resultado para que suas esperanças na CCL continuassem vivas, mas depois de uma expulsão e boas chances perdidas, inclusive um pênalti, voltaram para casa com uma péssima derrota por 2 a 0.

O pior, porém, ainda estava por vir: uma viagem até Columbus, um local muito difícil de se jogar, ainda mais contra os líderes da Conferência Leste que haviam derrotado o Joe Public por 3 a 0 pela competição continental no meio da semana.

Só que o se viu no sábado foi um panorama totalmente diferente. Seattle dominou a maioria do jogo e abriu os trabalhos logo aos 4 minutos de jogo, quando Montero cabeceou escanteio cobrado por Sturgis e depois da defesa de Hesmer, Blaise Nkufo marcou seu primeiro gol com a camiseta dos Sounders. Depois de duas boas oportunidades do Crew, através de Lenhart e Gaven, Nkufo ampliou a vantagem do Seattle depois de fintar Burns e não dar nenhuma chance a Hesmer aos 39 do 1º tempo.

Se parecia o 1º tempo dos sonhos, ele melhorou aos 43 minutos, quando O’Rourke derrubou Zakuani na área, mas aí veio uma preocupação, já que os Sounders nunca haviam acertado uma penalidade máxima da liga e ainda perderam uma no jogo do meio da semana, mas Nathan Sturgis cobrou com categoria e marcou seu primeiro gol na liga.

Quando parecia que o jogo não poderia melhorar, Nkufo completou seu hat-trick depois de ótima jogada de Zakuani e porta-luz de Montero, que mesmo sem aparecer na súmula, fez um dos seus melhores jogos na temporada.

Com essa vitória, os Rave Greens ganham empolgação pra continuar a luta pelos playoffs e ir mais longe do que chegaram no ano passado. E tem chances de conseguir isso, já que o time tem qualidade e ainda tem poder de decisão nos pés de Fredy Montero.

Henry e Hartman

Thierry Henry foi multado em 2 mil dólares pela atitude antidesportiva cometida contra o goleiro do FC Dallas, Kevin Hartman, na última qurta-feira. Depois do gol de empate do Red Bulls, o atacante chutou uma bola que estava no pé de Hartman e acabou levando o pé do goleiro junto. O americano ficará de fora durante três semanas devido a uma pequena lesão em um dos ligamentos do joelho.

Sem suspensão, Henry estaria disponível para o jogo contra o Galaxy nessa semana, mas o atacante lesionou o mesmo ligamento que Hartman e está fora deste encontro. Coincidência ou obra do destino?

Você pode tomar sua decisão sobre a polêmica vendo o vídeo do acontecimento: clique aqui.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo