Estados Unidos

Três vezes Seattle! E espere mais

O assunto da coluna de hoje já foi tratado aqui nesse espaço, mas depois do que aconteceu na última terça ele merece aparecer mais uma vez. Após vencer o Chicago Fire, o Seattle Sounders conquistou a US Open Cup pela terceira vez seguida. Esse fato acaba não espantando, mas o que tem a se dizer dos Rave Greens é que o clube vem bem em todas as competições que disputa.

Na US Open Cup, o Seattle se beneficia por ter jogado todas as suas partidas em casa. Mas nem por isso dá para diminuir o feito do clube do estado de Washington. O complexo Starfire, que é onde o Sounders manda todos os seus jogos antes de uma possí­vel final virou um dos lugares mais temidos para se jogar nos Estados Unidos. Sem o luxo do CenturyLink Field e com 30 mil lugares a menos, o Starfire é um caldeirão e acaba amedrontando todos os clubes que vão até lá.

Desde que entrou na MLS, o Seattle é invencível na US Open Cup. São 13 vitórias e um empate nos quatorze jogos disputados desde 2009. Tá certo que onze jogos foram disputados em Seattle, mas isso se deve ao fato de que quem sedia a partida é a equipe que faz a melhor proposta para a federação americana de futebol. Como o Sounders tem uma grande torcida na maioria de seus jogos e acaba conseguindo mais renda, o clube consegue fazer propostas melhores que as dos demais para ter a vantagem de jogar em casa. Se bem que o processo deve ser revisto para a próxima temporada para evitar que um time jogue uma sequência tão longa em casa.

Mas a vitória no processo de propostas é mais uma das vitórias da direção do Sounders. Além do tricampeonato da US Open Cup, o Seattle já tem vaga garantida na próxima fase da Concacaf Champions League e nos playoffs da Major League Soccer. E tudo isso mesmo tendo que fazer grandes viagens e várias partidas em pouquí­ssimos dias.

Chegar tão bem assim em várias competições é fruto de um bom trabalho na construção do plantel. Mauro Rosales chegou para um perí­odo de testes no iní­cio do ano, seu nome foi escondido durante um bom tempo e vem fazendo uma ótima temporada, ainda mais ressaltada depois da lesão de Steve Zakuani, que estava em ótima fase até sofrer uma lesão que acabou com o seu ano. Além disso, o clube manteve todas as suas principais peças das últimas temporadas como Fredy Montero e Alvaro Fernandez, que faz um excelente ano.

Adicione isso ao fato de a diretoria estar aberta a pagar voos fretados para todos os caminhos longos que o time precisa cobrir, como Guatemala, México e até mesmo para Boston. E por fim, ainda tem a torcida que coloca 35 mil pessoas no CenturyLink Field em praticamente todos os jogos, o que dá uma grande vantagem para os jogos disputados na Emerald City.

Por tudo isso, é muito difícil achar algum time norte-americano que esteja em uma fase melhor que a dos Rave Greens, por mais que o Galaxy tenha vencido a temporada regular da MLS. Dar a mesma atenção a três competições, vencer uma e estar garantido em fases mais agudas das outras duas é algo que poucos times no mundo conseguem fazer e o Seattle vem conseguindo isso muito bem nessa temporada e merece todo o destaque.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo