Estados Unidos

Tomando a direção errada

Se por um lado a MLS cresce em questão de técnica e de estrelas, a organização para o que realmente importa parece diminuir a cada ano que passa. Calendário altamente bagunçado, clubes tomando iniciativas erradas e decisões cada vez mais estranhas.

Eu não consigo entender porque os americanos tratam tão mal a Concacaf Champions League porque além dela ser uma competição que dá vaga ao Mundial de Clubes, é o torneio mais importante do continente. A única justificativa plausível seria a verba recebida no final das competições pela participação ou por uma conquista, mas levar amistosos com times europeus mais a sério que a CCL só pode ser brincadeira.

Nesta terça, o Los Angeles Galaxy recebeu o Islanders, time de Porto Rico que ocupa a última posição de uma das conferências da USSF D2 (segundo nível de futebol profissional nos EUA, logo após a MLS), pela CCL e o que se viu no Home Depot Center foi uma ótima exibição dos porto-riquenhos e uma apatia dos americanos, que só buscaram o gol quando já era muito tarde.

Mesmo com vários jogadores titulares entre os 11 que Bruce Arena enviou a campo, os Islanders não tomaram conhecimento de Donovan e companhia e venceram por 4 a 1, um placar quase irreversível na partida de volta.

O Toronto FC teve uma sorte melhor. Apesar da vitória de 1 a 0 sobre os hondurenhos do Motagua, os canadenses perderam muitas oportunidades de aumentar a vantagem e poderão ter dificuldades no jogo de volta. O gol do TFC foi marcado pelo americano Chad Barrett, que foi um dos muitos titulares que o técnico Preki botou em campo, diferentemente do que aconteceu em Los Angeles.

E enquanto o TFC e o Galaxy jogavam, a liga promovia a festa do All Star Game, que será realizado nesta quarta-feira e terá jogadores dos dois times. Além disso, o Seattle Sounders jogará pela CCL apenas algumas e tem três jogadores escolhidos para a lista reserva do time que reúne as estrelas da MLS. Agora a questão é: realmente vale desfalcar um time forte numa competição continental apenas para um amistoso que não vale nada?

Diferença de quatro jogos entre times, amistosos contra europeus no meio do campeonato, All Star Game no mesmo dia de jogos de clubes da liga pela competição continental. É por essas e outras que fica difícil acreditar que a MLS quer realmente se tornar um campeonato forte no cenário do futebol mundial.

Resultados da 17ª Semana

Los Angeles Galaxy 2-2 San Jose Earthquakes
LA: Buddle (12’) e Donovan (90’) / SJ: Convey (2’), McDonald (72’)

Toronto FC 1-1 FC Dallas
TFC: Maicon Santos (61’) / FCD: Rodríguez (77’)

Real Salt Lake 1-1 Chivas USA
RSL: Grabavoy (66’) / CHV: Padilla (70’)

Columbus Crew 3-0 Houston Dynamo
CLB: Rentería (34’), Iro (84’) e Griffit (90’)

Seattle Sounders 2-1 Colorado Rapids
SEA: Zakuani (8’ e 17’) / COL: Cummings (9’)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo