Estados UnidosMLS

Seattle Sounders precisou derrubar a melhor campanha para chegar à inédita final da MLS

Disputas com duas partidas são sempre tensas quando um determinado time não abre uma boa vantagem jogando em casa. Na final da Conferência Oeste da Major League Soccer, o Seattle Sounders venceu o Colorado Rapids por 2 a 1 no CenturyLink Field, e, por esse motivo, não viajou tão tranquilo assim para Denver. Um gol só de diferença era pouco, ainda mais contra o time com a melhor campanha na fase regular. Entendendo isso, a equipe de Washington buscou, no último domingo, ampliar sua vantagem no Dick’s Sporting Goods Park. E conseguiu. Graças a Jordan Morris, o Sounders bateu o time da casa por 1 a 0, é campeão da Conferência Oeste e disputará a MLS Cup pela primeira vez em nove anos, que foi quando o clube foi fundado.

LEIA TAMBÉM: Montreal cometeu trapalhadas fora e dentro de campo na final da Conferência Leste da MLS

Formado nas categorias de base do clube de Seattle, Morris foi o grande nome do jogo de volta da decisão da Conferência Oeste. A jovem promessa do futebol norte-americano abriu e fechou o marcador depois de uma enfiada de bola que a deixou cara a cara com o goleiro Zac MacMath, praticamente. E o mais impressionante: o fez mesmo estando doente, já que o atacante foi à campo ainda se recuperando de uma forte gripe. Para dobrar sua infelicidade individualmente falando, no entanto, no lance do gol houve um choque com o arqueiro que estava substituindo Tim Howard, lesionado, que acabou lhe rendendo uma substituição. Mas o importante é que Morris foi vital ao Sounders e garantiu o 3 a 1 no agregado.

Apesar de não ter tido participação direta no placar garantido no último domingo, é importante salientar os feitos de Nicolás Lodeiro nesta campanha da equipe de Washington. O uruguaio chegou ao Sounders no fim de julho deste ano e, em 18 aparições, marcou oito gols e deu cinco assistências. Cinco desses tentos, aliás, foram anotados nos playoffs da MLS. Um deles na vitória sobre o Colorado Rapids no CenturyLink Field. Além dele, não se pode deixar de mencionar o trabalho fantástico de Brian Schmetzer como comandante técnico do Seattle Sounders. Embora o treinador venha exercendo a função oficialmente desde o início da temporada, há tempos ele já vinha estudando a equipe de perto e como incutir nela esse espírito vitorioso que o time de Washington tanto deixa transparecer.

O 3 a 1 no agregado confere ao Sounders um acontecimento inédito: chegar à final da Major League Soccer. Depois de derrotar o time com melhor campanha na fase anterior aos playoffs, Schmetzer e seus comandados vão encarar o vencedor do duelo entre Montreal Impact e Toronto com uma confiança ainda mais intensificada. Por enquanto, a equipe de Quebec é a favorita na decisão, já que venceu a partida um por 3 a 2, em casa. Caso o Toronto reverta esse resultado, a final da MLS será realizada em solo canadense. Mas se acontecer do Montreal segurar a vantagem, dia 10 de dezembro o Sounders irá recebê-los no CenturyLink Field para conquistar um feito ainda mais extraordinário do que simplesmente ter chegado à grande decisão.

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo