Estados Unidos

Seattle 100% na MLS

A equipe do Seattle Sounders vem confirmando as expectativas de que vai dar muito trabalho na MLS. Nas três partidas jogadas, o Sounders venceu seus três jogos, com 7 gols marcados e nenhum sofrido. É a melhor campanha até agora em 2009. Apenas o Chivas USA – justiça seja feita – faz campanha semelhante, também invicta, mas sua defesa já foi vazada duas vezes e seu ataque marcou 6 gols.

Realmente o time do Seattle está fazendo uma campanha acima do que era esperado, mesmo levando em consideração os ótimos jogadores e técnico que foram contratados para a temporada inaugural.

Geralmente, as equipes estreantes patinam um pouco no começo até se acostumarem com a forma de como a partida é jogada, os novos estádios, etc. Mas este não parece ser o caso do Sounders.

Como se já jogasse na liga há muito tempo, o Sounders não ligou para o sempre nervoso jogo de estreia, transmitido em rede nacional e contra uma das equipes mais tradicionais da MLS, nem para seu primeiro jogo fora de casa, contra um clube que muitos consideram que tem a torcida mais fanática da MLS.

Assim, em seu primeiro jogo da história pela MLS, jogando em casa, o Sounders venceu o NY Red Bull, vice-campeão do ano passado, por 3×0. Como já relatamos por aqui, a grande estrela desta primeira partida foi o jovem atacante colombiano Fredy Montero, que marcou dois gols e deu assistência para outro.

O segundo jogo também foi em casa, no Qwest Field, e o Seattle, perante quase 30.000 espectadores, venceu o Real Salt Lake, uma das melhores equipes da Conferência Oeste no ano passado, por 2×0. Fredy Montero novamente deixou sua marca, e o sueco Freddie Ljungberg, estrela da equipe, marcou seu primeiro gol. Mesmo assim não foi um jogo fácil, e o veterano goleiro Kasey Keller foi considerado o melhor em campo, tendo salvado o Seattle de levar gols.

Finalmente, neste último sábado (04/04), o Seattle fez o seu primeiro jogo fora de casa, mas não sentiu diferença e continuou sua sequência de vitórias. O Sounders visitou o Toronto FC, considerada a equipe com a mais fanática torcida, e venceu por 2×0. Dessa vez, Montero não deixou sua marca, mas Ljungberg fez mais um e o novato Steve Zakuani, escolhido em primeiro lugar no SuperDraft de 2009, marcou seu primeiro gol na MLS.

Assim, o Seattle é o líder da Conferência Oeste com 9 pontos, empatado com o Chivas USA, mas com vantagem nos critérios de desempate. Os dois times estão 3 pontos à frente do Colorado Rapids, que vem em terceiro. Real Salt Lake e San Jose Earthquakes vêm em seguida com 3 pontos cada. Depois vem LA Galaxy e Houston Dynamo, com apenas 1 ponto ganho até agora. Em último, aparece o FC Dallas, equipe que permaneceu invicta mais tempo em 2008, mas que esse ano apenas perdeu e não marcou pontos ainda.

O próximo jogo do Seattle será no próximo sábado (11/04), em casa, contra o KC Wizards. Uma semana depois (18/04), virá o jogão contra o Chivas USA, em Los Angeles. Aí sim teremos a real dimensão da força do Sounders.

Claro que ainda é cedo para pensar em alguma definição em relação à temporada 2009, mas o começo de temporada do Seattle é com certeza melhor do que esperavam seus fãs e dirigentes.

No Leste, mais equilíbrio

Se no Oeste Seattle e Chivas dispararam na frente, no Leste as equipes estão mais emboladas.

Ao contrário dos anos anteriores, quando víamos as equipes do Leste com mais força do que as do Oeste, este ano parece que o equilíbrio entre as conferências será maior.

Três equipes estão invictas até o momento, sendo que a liderança está com o Chicago Fire e o NE Revolution, ambos com 7 pontos em 3 jogos. A outra equipe invicta é o D.C. United, com 5 pontos em 3 jogos.

Em seguida vem o Toronto FC, com 4 pontos, e o KC Wizards, com 3, também com 3 jogos e apenas uma vitória para cada um.

A decepção fica por conta do atual campeão, Columbus Crew, que soma apenas 2 pontos em 4 jogos. Ou seja, a equipe amarela, disparada a melhor de 2008, ainda não venceu em 2009.

Na lanterna do Leste, outra decepção. O NY Red Bull, segundo melhor time de 2008, tem apenas 1 ponto em 3 jogos.

Como dissemos acima, ainda é cedo para tirar conclusões sobre a temporada. Mas sem dúvida este não era o começo esperado pelas equipes que disputaram a MLS Cup de 2008.

WPS estreia

Após meses de expectativa e preparo, finalmente estreou a WPS, a liga profissional de futebol feminino dos EUA. A liga, que pretende ser o mais importante campeonato profissional feminino do mundo, realizou altos investimentos para trazer as melhores jogadoras do mundo e formar equipes competitivas.

E quem mais brilhou até agora, como já era esperado, foi a brasileira Marta, eleita a melhor jogadora do mundo pela FIFA nos últimos três anos.

O jogo inaugural foi entre o Los Angeles Sol, equipe de Marta, e o Washington Freedom, da estrela americana Abby Wambach. E o Sol levou a melhor, e garantiu a primeira vitória da história da nova liga por 2×0. O jogo foi no Home Depot Center, em Los Angeles, que contou com quase 15.000 espectadores.

O primeiro gol da história da liga demorou apenas 6 minutos para acontecer. E a honra de escrever o nome nos anais da WPS foi Allison Falk, depois de cruzamento da japonesa Aya Miyama.

A vitória, porém, foi concretizada somente aos 42 minutos do segundo tempo, com gol da francesa Camille Abily, com assistência de Marta.

Com a “inauguração” da liga, seguem-se agora os demais jogos da temporada regular da WPS. E a partida seguinte foi no dia 04/04 entre Saint Louis Athletica e Chicago Red Stars. E o Chicago Red Stars, equipe da brasileira Cristiane, levou a melhor, ao vencer por 1×0, com gol da capitã Lindsay Tarpley, aos 33 minutos do segundo tempo.

Outros dois jogos foram realizados no dia 05/04. No primeiro deles, o LA Sol voltou a campo para enfrentar o Sky Blue FC fora de casa. E com dois gols de Marta, o Sol obteve sua primeira vitória fora de casa, e a segunda seguida no campeonato. A vitória por 2×0 foi construída em apenas 2 minutos, aos 42 e aos 44 do segundo tempo, e Marta já é a artilheira da competição com 2 gols em 2 jogos.

O outro jogo foi entre FC Gold Pride e Boston Breakers, com vitória do Gold Pride por 2×1, em um jogo emocionante. O Gold Pride saiu na frente com um gol de Arakawa aos 15 minutos de jogo. O Breakers empatou somente aos 34 do segundo tempo, mas no último minuto do tempo regulamentar Smith marcou o gol da vitória do Gold Pride.

Assim, nenhum empate ocorreu até agora na WPS, e tivemos uma média de 2 gols por jogo. E um dos jogos já teve sua decisão somente no último minuto. Se os primeiros jogos servirem de parâmetro, o campeonato da WPS promete atingir o alto nível desejado, e tornar-se rapidamente o melhor campeonato feminino do mundo.

Mais perto da África do Sul

A seleção masculina dos EUA está cada vez mais perto da Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. Após mais duas rodadas válidas pelas eliminatórias da CONCACAF, os ianques lideram a classificação com 7 pontos, e são os únicos invictos na competição.

No último dia 28/03, os EUA foram visitar a seleção de El Salvador, e empataram com os donos da casa por 2×2. Mas não foi nada fácil. Os salvadorenhos, empurrados por mais de 30.000 torcedores, saíram na frente aos 15 minutos de jogo. Aos 27 do segundo tempo, El Salvador ampliou. Porém, os norte-americanos não se abalaram e conseguiram buscar o empate. Jozy Altidore diminuiu aos 32 minutos, e Frank Hedjuk, aos 43, empatou a partida, mantendo a liderança para a seleção azul e vermelha.

Na rodada seguinte, no dia 01/04, os EUA receberam a seleção de Trinidad & Tobago, que esteve na última Copa do Mundo em 2006, em Nashville, no Tennessee. Dessa vez os Estados Unidos não encontraram dificuldade, e venceram por 3×0, com três gols do jovem atacante Jozy Altidore.

Assim, a seleção dos Estados Unidos lidera as eliminatórias da CONCACAF com 7 pontos, seguida de Costa Rica com 6, Honduras com 4 e México com 3 pontos. As três primeiras seleções classificam-se diretamente para o Mundial, e a quarta colocada enfrentará a quinta colocada das eliminatórias da América do Sul.

Copa Oro

Nesta última semana, a CONCACAF anunciou o calendário da Gold Cup de 2009, torneio bienal entre seleções da CONCACAF. O torneio será novamente nos Estados Unidos, e dessa vez terá 13 sedes espalhadas pelo país. As partidas serão realizadas entre os dias 3 e 26 de julho, e a final será jogada no Giants Stadium em Nova York.

As seleções classificadas foram dividas em três grupos, da seguinte forma:

Grupo A: Canadá, Costa Rica, El Salvador, Jamaica
Grupo B: EUA, Grenada, Haiti, Honduras
Grupo C: Guadalupe, México, Nicarágua, Panamá

Os Estados Unidos estreiam contra Grenada no dia 04/07, no Qwest Field, em Seattle. O Canadá estreará contra a Jamaica, no dia 03/07, no Home Depot Center, em Los Angeles.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo