Estados Unidos

Renovando a armação

No último sábado, o analista de tática do site da MLS, Matthew Doyle, expressou em seu twitter que desejava mais jovens armadores americanos. E durante aquela mesma noite, ele teve uma grande resposta na partida entre Toronto FC e Chicago Fire. Os canadenses saíram na frente e abriram 2 a 0, mas o Fire conseguiu chegar ao empate e poderia até ter virado o jogo sendo liderado por uma promessa que vem começando a conquistar seu espaço no time de Illinois.

Corben Bone, meia selecionado pelo Fire com a 13ª escolha do SuperDraft 2010, fez até chover em Toronto. Bone era um dos melhores jogadores saindo do colegial em 2006 e foi recrutado pela Wake Forest University, onde foi um dos principais jogadores do time quando a WFU chegou a College Cup em três anos seguidos, conquistando um título nacional.

No ano passado, Bone passou a maior parte do tempo apenas treinando com a equipe, mas ainda ganhou alguns minutos em campo durante cinco partidas da temporada passada. Neste ano, o técnico Carlos de los Cobos resolveu dar mais espaço para o meia de 22 anos. Em seus dois primeiros jogos, o meia não conseguiu muito destaque, mas o terceiro valeu pelos dois.

Com o Fire perdendo por 2 a 1, Bone assumiu o jogo. O meia organizou a maioria das jogadas de ataque do time da Cidade do Vento. Aos 76 minutos, a bola sobrou para ele dentro da área e o jovem passou por seu marcador antes de cruzar para que Orr Barouch, outro jovem valor do Chicago, completasse para o gol.

O Fire ainda teve a chance de virar em mais uma jogada de Bone. O meia recebeu na intermediária e deu um ótimo passe para Daniel Paladini, que ficou sozinho na cara de Stefan Frei, mas o goleiro salvou o TFC mais uma vez.

Que essa boa atuação de Bone seja estímulo para que os jovens armadores americanos ganhem mais espaço e mais tempo de jogo dentro da MLS, já que Bone acabou mostrando que eles podem fazer um grande serviço.

Um jovem que pode ganhar um bom espaço em breve é Luis Gil, do Real Salt Lake. O meia de 17 anos é tratado como uma das maiores esperanças americanas para o futuro e já liderou a seleção americana sub-17 no Torneio da Concacaf e no Mundial da categoria em 2009. E com a lesão de Javier Morales, armador e principal jogador do RSL, Gil pode ver mais tempo de jogo no time principal em 2011.

No ano passado, Gil já começou um jogo da Concacaf Champions League e criou uma boa jogada, onde o Real conseguiu um pênalti na vitória por 3 a 1 sobre o Cruz Azul. Em 2011, Gil já viu alguns minutos da MLS, entrando no 2º tempo de duas partidas e não pôde mostrar muito.

Começando a pensar no futuro, os times da MLS já estão começando a dar espaço para jogadores jovens como Gil e Bone. Os EUA são potência em vários esportes por causa do estímulo oferecido para as universidades. É a hora da MLS aproveitar melhor isso, já que várias faculdades estão levando o futebol mais a sério. E isso só trará frutos melhores para a liga. É momento de renovar.

Confira os resultados da 9ª semana da MLS:

Vancouver Whitecaps 1×1 San Jose Earthquakes
VAN: Davide Chiumiento (90’) / SJ: Chris Wondolowski (39’)

Philadelphia Union 1×1 Los Angeles Galaxy
PHI: Danny Mwanga (84’) / LA: Landon Donovan (24’)

FC Dallas 1×0 Toronto FC
DAL: Daniel Hernandez (48’)

Toronto FC 2×2 Chicago Fire
TFC: Joao Plata (9’), Maicon Santos (47’) / CHI: Marco Pappa (63’), Orr Barouch (75’)

Real Salt Lake 0x0 Houston Dynamo

New England Revolution 1×0 Vancouver Whitecaps
NE: Sharlie Joseph (49’)

DC United 1×1 Colorado Rapids
DC: Chris Pontius (62’) / COL: Drew Moor (23’)

FC Dallas 2×0 Philadelphia Union
DAL: Brek Shea (29’), Fábian Castillo (43’)

San Jose Earthquakes 3×0 Columbus Crew
SJ: Chris Wondolowski (50’), Brandon McDonald (59’), Khari Stephenson (62’)

Los Angeles Galaxy 4×1 Sporting Kansas City
LA: Landon Donovan (44’, 46’), Juan Pablo Angel (64’), David Beckham (87’) / KC: Omar Gonzalez (39’, contra)

Seattle Sounders 1×1 Portland Timbers
SEA: Alvaro Fernández (52’) / POR: Mamadou Danso (65’)

New York Red Bulls 2×3 Chivas USA
NY: Thierry Henry (21’), Dwayne DeRosario (35’) / CHV: Justin Braun (6’, 31’, 56’)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo