MLS

Messi estreia na MLS, faz mais um e vira amuleto do Inter Miami em remontada da equipe

Vindo do banco de reservas, Messi garante vitória e coloca fim em tabu do Inter Miami na MLS

Neste sábado (26), New York Red Bulls x Inter Miami se enfrentaram na Red Bull Arena, em partida válida pela 28ª rodada da temporada regular da Major League Soccer. Para surpresa e decepção de muitos, Lionel Messi começou o jogo no banco de reservas. O craque argentino, principal nome da equipe da Flórida e da liga norte-americana de futebol, vivia a expectativa de fazer sua estreia na MLS. E fez. Aos 14 minutos do segundo tempo, o camisa 10 entrou em campo, deixou sua marca e ajudou o Inter a garantir a vitória por 2 a 0.

Como de praxe, Messi seguiu o roteiro dos últimos jogos e novamente foi decisivo para que o Inter Miami saísse de campo vitorioso. No banco durante todo o primeiro tempo, o meia teve atuação discreta no início da etapa complementar. Contudo, craque é craque. E logo o ET mostrou suas credenciais. Em linda tabela com Cremaschi, o camisa 10 bagunçou a defesa nova-iorquina, recebeu livre do companheiro e só teve o trabalho de empurrar para as redes. Com o resultado positivo, o time da Flórida chegou a 21 pontos conquistados, ultrapassou o Toronto Football Club e deixou a lanterna da Conferência Leste da MLS.

Em primeiro tempo morno, Diego Gómez coloca Inter Miami em vantagem

A etapa inicial entre New York RB e Inter Miami foi dura de assistir. Com erros de passes simples e muitas tomadas de decisão equivocadas, as duas equipes não conseguiam produzir ofensivamente e pecavam na construção das jogadas. Faltava Messi. Definitivamente faltava o ET em campo. O ídolo do Barcelona assistia ao fraco jogo do banco de reservas e não via a hora de entrar para se divertir em seu playground. No entanto, quando tudo levava a crer que a partida iria para o intervalo com um 0 a 0 no placar, eis que Diego Gómez surge.

Aos 36 minutos, em bola alçada na área do New York, o goleiro Coronel afastou o perigo com um soco. Lateral-direito do Inter Miami, Allen ficou com a sobra e tratou de despejar a pelota na zona de perigo novamente. Só que desta vez, Diego Gómez estava lá. O volante da Seleção Paraguaia dominou com categoria e, sem deixar a criança cair, emendou chute no cantinho, sem chances para o arqueiro adversário. O lance rendeu aplausos de Messi e Busquets.

Messi entra, deixa sua marca e faz a festa dos torcedores em NY

Foto: Iconsport

O Inter Miami não voltou bem do bem do intervalo e viu os donos da casa crescerem de produção. Goleiro do time da Flórida, Callender fez milagre e evitou o gol de Stroud, que cara a cara viu seu chute explodir na perna do arqueiro norte-americano. A chance de perigo desperdiçada pelo New York foi o suficiente para o técnico Tata Martino mexer na equipe.

Lionel Messi foi chamado e entrou em campo aos 14 minutos, no lugar do atacante equatoriano Leonardo Campana. Ao lado do amigo, Busquets também foi para o jogo. Reverenciado pelo público, Messi não precisou de muito para receber o carinho dos torcedores em Nova Iorque. Passes curtos, tabelinhas e bola colada no pé. Assim, o craque já fazia a alegria dos presentes no estádio. Mas ele queria mais. Sedento por novos recordes, o
meia tratou de anotar mais um gol para sua gloriosa carreira. Em trama ofensiva ensaiada, o melhor jogador da última Copa do Mundo deu passe genial para Cremaschi no meio da defesa adversária, recebeu livre na pequena área e não perdoou. 2 a 0 Inter e mais uma vitória de Messi na terra do Tio Sam.

‘Efeito Messi’ faz Inter Miami virar a chave e empilhar resultados positivos

Mais do que o status de craque e ídolo, os números comprovam o quão importante e decisivo Lionel Messi tem sido para o Inter Miami. Desde a chegada do camisa 10 argentino na Flórida, a equipe não sabe mais o que é derrota. São seis vitórias e três empates no período. Neste ínterim, com a benção e participação direta do ET nos jogos, o Inter se sagrou campeão da Leagues Cup após vencer o Nashville SC nos pênaltis. Além disso, o novo time do ex-Barcelona garantiu vaga na final da US Open Cup. Faltava a MLS.

Como citado, Messi fez sua estreia na Major League Soccer neste sábado. E o argentino já cumpriu mais uma missão: quebrou um tabu de 11 rodadas do Inter Miami sem vencer na MLS (com 3 empates e 8 derrotas) e ajudou a tirar o time da lanterna da competição. Assim, o clube da Flórida, sob olhares de seu dono David Beckham, aposta na estrela do sete vezes melhor do mundo para buscar uma recuperação, ascender na tabela e conquistar uma vaga nos playoffs.

E o próximo compromisso de Lionel Messi e companhia já tem data e hora para acontecer. O Inter Miami volta a campo nesta quarta-feira (30), para enfrentar o Nashville SC, dessa vez pela MLS. A bola rola a partir das 20h30 (horário de Brasília), no Lockhart Stadium, em Miami.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo