MLS

Insigne: “Poderia ter ficado na Europa, mas escolhi a felicidade e bem-estar da minha família”

Aos 31 anos, Insigne conta que ida para o Toronto FC foi uma escolha da vida e chega badalado como o maior salário da MLS

Lorenzo Insigne se tornou o jogador mais bem pago da MLS ao se transferir para o Toronto, depois de anos atuando pelo Napoli. Sua apresentação aconteceu na segunda-feira, com bastante pompa. Ele receberá algo como US$ 15 milhões por ano no Toronto. Aos 31 anos, Insigne contou que ir para o Toronto foi uma escolha de vida, não pelo dinheiro, e que poderia ter continuado na Europa.

A contratação de Insigne foi confirmada em janeiro, quando ele já podia assinar um pré-contrato com algum clube, já que seu vínculo com o Napoli terminaria em 30 de junho. O Napoli ofereceu uma renovação com redução de salário, já que não poderia manter o mesmo salário do ponta, estrela e capitão do time. Ele optou por sair.

“Eu poderia ter ficado na Europa. Tenho 31 anos e ainda tenho muitos anos pela frente”, afirmou Insigne, falando em italiano e com um tradutor do lado. “Mas eu quis escolher a felicidade e bem-estar da minha família. Eu ganhei muito com o Napoli e também perdi. Mas eu queria uma mudança. E mais importante, um desafio, fosse em outro clube europeu ou aqui na América do Norte”.

“Ouvi algumas pessoas dizerem que o futebol na América do Norte não é futebol de verdade. Mas eu assisti e não é verdade”, continuou o jogador. Insigne quer mostrar a que veio em campo. “Mal posso esperar para começar a treinar e estar lá com o time“, disse o italiano.

O primeiro jogo do italiano com a camisa do Toronto está programado para o dia 9 de julho, dois dias depois que a janela de transferência abre na MLS. O jogo será em casa contra o San Jose Earthquakes e certamente o jogador estará lá, se não para jogar, ao menos para ser apresentado à torcida.

Insigne recebeu a camisa 24 no Toronto FC, o mesmo número que vestia no Napoli. Ele assinou contrato de quatro anos com o clube canadense, após o fim do seu vínculo com o Napoli. “Finalmente aqui”, afirmou o presidente do clube, Bill Manning. “Ele tem um grande estilo, tem um grande sorriso. Ele tem personalidade, tem aquele fator a mais. Lembro da primeira vez que o encontrei, eu senti. Você podia ver que é uma estrela. Acho que os torcedores vão se apaixonar por ele”.

O Toronto FC vive um momento de poucos gols e espera que a chegada de Insigne traga uma renovada no ataque. A equipe é apenas a 12ª colocada na Conferência Leste, sendo que só sete se classificam aos playoffs. São apenas cinco vitórias em 17 jogos, longe de um desempenho que brigue por títulos. A esperança depositada em Insigne é grande, mas não será uma tarefa fácil. Quem lidera a Conferência Leste neste momento é o Montréal, outro time canadense, 11 pontos à frente do Toronto.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo