Estados Unidos

M-V-P

Quando se ouve falar de MLS, os primeiros nomes que vêm à cabeça de qualquer pessoa são Landon Donovan, Thierry Henry e Guillermo Schelotto, mas quem vem roubando a cena nessa temporada da MLS é o colombiano David Ferreira, que já foi ídolo da torcida do Atlético Paranaense e hoje é o principal jogador do FC Dallas e o grande motivo pelo qual o time subiu de produção.

Desde que chegou aos Hoops, no ano passado, o colombiano participou dos 48 jogos disputados pelo Dallas na MLS e ficou de fora de apenas 9 minutos das duas campanhas, nas quais ele anotou 26 pontos, 13 gols e 13 assistências.

Se o Dallas está na luta pelos playoffs, grande parte disso é por “culpa” de Ferreira, que é o organizador do time. Basta ver o que Schellas Hyndman, técnico dos Hoops, diz sobre El Torito: “Este time pertence a ele e ele faz com que as coisas aconteçam. Se ele não está marcando gols, ele está dando assistências e sempre com qualidade.”

Agora, o meia recebe consideração para o prêmio de MVP da temporada, que é dado para o jogador que foi mais importante para seu time durante o ano, e é mais que merecido pelo esforço apresentado pelo colombiano. E a MLS desse ano mostra mais uma das peças que o futebol sempre prega: Você está ali para ver a estrela e quem brilha é um coadjuvante.

Falando em Colômbia…

Outro jogador que vive uma fase incrível na MLS é Fredy Montero, atacante do Seattle Sounders. Nos últimos 9 jogos dos Rave Greens pela liga, o colombiano participou ativamente de 10 dos 14 gols marcados pela equipe, fato que fez com ele fosse escolhido como o Jogador do Mês em julho.

A fase é tão boa que mesmo quando Montero ficou na reserva contra o Metapán, em jogo válido pela Concacaf Champions League, ele entrou e resolveu o jogo menos de um minuto depois de entrar.

E assim como Ferreira, Montero é o principal responsável pela ascensão de seu time.

Concacaf Champions League

Depois da fase de classificação, onde o Toronto FC e o Seattle Sounders passaram por Motagua e Metapán, respectivamente, e o Los Angeles Galaxy tropeçou diante do Puerto Rico Islanders, os grupos já estão definidos:

Grupo A: Real Salt Lake, Árabe Unido (Panamá), Cruz Azul (México), Toronto FC.

Grupo B: Columbus Crew, Municipal (Guatemala), Santos Laguna (México), Joe Public (Trinidad & Tobago).

Grupo C: Monterrey (México), Saprissa (Costa Rica), Seattle Sounders, Marathón (Honduras).

Grupo D: Toluca (México), Olímpia (Honduras), Puerto Rico Islanders (Porto Rico), FAS (El Salvador).

Apenas dois times da MLS venceram a Champions Cup, como era chamada a CCL até 2007. O DC conquistou em 1998, enquanto em 2000, foi a vez do Los Angeles Galaxy.

A fase de grupos começa do dia 17 de agosto e a final é prevista para o dia 28 de abril de 2010, valendo além do título, uma vaga no Mundial de Clubes de 2011.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo