Estados Unidos

2008 revelado!

Finalmente a MLS, juntamente com as redes de televisão que transmitem a liga – ESPN2 e ABC, Fox Soccer Channel/Fox Sports em Español, HDNet e TeleFutura – revelaram o calendário da temporada 2008. Os 4 grupos de redes de televisão transmitirão, no total, 113 dos 210 jogos da temporada regular, mais os playoffs.

Esta será a 13ª temporada da MLS, e cada uma das 14 equipes jogarão 30 jogos na temporada regular, que terá a duração de 31 semanas, entre 29 de março e 26 de outubro. Cada equipe jogará contra a outra duas vezes (em casa e fora de casa) e os outros 4 jogos serão entre equipes da mesma conferência (também dois jogos em casa e dois fora de casa), levando em consideração as rivalidades. Os playoffs serão de 30 de outubro a 16 de novembro, e a finalíssima MLS Cup está marcada para o dia 23 de novembro no Home Depot Center, na Califórnia (casa do LA Galaxy e do Chivas USA).

O ‘First Kick’, o fim-de-semana de abertura da temporada da MLS, será portanto no sábado (29/03) e domingo (30/03), e o jogo de abertura para a televisão no sábado à noite será justamente o mesmo das duas últimas MLS Cups: Houston Dynamo x New England Revolution. Jogando em Boston, o Revolution, perdedor das duas últimas finais em 2006 e 2007, justamente para o Dynamo, tentará começar a temporada eliminando os fantasmas do passado (talvez por isso a equipe foi fazer a pré-temporada em Bermudas…). Já o Dynamo não vai querer ter sua faixa carimbada logo na estréia para o bi-vice. Promessa de jogão!

Também no sábado à noite terá a estréia de Ruud Gullit no comando dos ‘galáticos’ de Los Angeles contra o Colorado Rapids. Será também um jogo interessante para ver como se comporta Beckham e seus companheiros, agora pronto para jogar a temporada inteira.

E a emoção continuará no domingo de abertura, com o jogo entre Chivas USA e FC Dallas, dois dos melhores times do Oeste na temporada regular do ano passado. Daí para frente, você terá que acompanhar essa coluna e (esperamos) a transmissão da ESPN Internacional dos jogos para saber os principais (e os secundários também) acontecimentos da MLS em 2008.

Mais estrangeiros que chegam

Aproveitando da regra que aumentou o limite de jogadores internacionais por equipe, mais jogadores estrangeiros chegaram à MLS nos últimos dias.

O FC Dallas anunciou, no último dia 12 de fevereiro, a contratação de mais dois jogadores internacionais. Chegaram ao Texas o brasileiro André Rocha e o mexicano Duílio Davino.

O brasileiro André Rocha, meio-campo, veio do Atlético-PR, por meio de um acordo de intercâmbio que o clube brasileiro mantém com o FC Dallas e o qual já falamos por aqui. Rocha fará companhia ao atacante Ricardinho, também vindo do Atlético-PR.

O zagueiro mexicano Duílio Davino é bastante conhecido em seu país, pois jogou no América do México durante 10 anos, muitos deles como capitão. Davino chega para arrumar a defesa dos ‘Hoops’, uma das mais vazadas na temporada passada.

O Colorado Rapids também apresentou seu novo jogador estrangeiro na última sexta-feira (08/02), mas este é um velho conhecido da MLS. O mais novo reforço da temporada para os Rapids é o meia argentino Christian Gomez, MVP da temporada da MLS de 2006, vindo do D.C. United. Em troca do seu mais novo camisa 10, o Rapids repassará ao United sua escolha na primeira rodada do SuperDraft de 2009 e outros direitos. Gomez, de 34 anos, ex-jogador do Nueva Chicago e do Independiente, ambos da Argentina, formará dupla no meio-campo com o também veterano Pablo Mastroeni.

Por último, o Chivas USA contratou o meio-campo suíço Raphael Wicky, de 30 anos, que jogava no Sion da Suíça. Wicky, que já participou de 75 partidas pela seleção da Suíça, já jogou no Werder Bremen, Atlético de Madrid e Hamburgo.

E a freguesia continua…

Na estréia de seu novo uniforme, a seleção dos EUA enfrentou um velho conhecido, o México, no dia 6 de fevereiro em Houston, e empatou em 2×2. Com o resultado, os ianques mantiveram a invencibilidade, jogando em casa, de 10 jogos e 8 anos contra seu arqui-rival do sul. São 8 vitórias e 2 empates nesse período, com 17 gols a favor e apenas 3 gols contra. O técnico Bob Bradley soma agora 13 vitórias, 2 empates e 5 derrotas no comando da seleção.

O jogo teve a presença do segundo maior público em um jogo de futebol na história do Texas (70.103 pessoas – o maior público em jogos da seleção fora da Califórnia), que com certeza voltou para casa satisfeita, mesmo com o empate em 2×2. O jogo foi eletrizante, com jogadas rápidas de um lado e do outro.

O placar foi aberto aos 28 minutos pelo zagueiro americano Oguchi Onyewu, que recebeu cruzamento de Donovan e cabeceou sem chances para o goleiro Ochoa. Logo em seguida, aos 35 minutos, Jonny Magallón, empatou para o México. Só que o talentoso e jovem atacante do NY Red Bull, Jozy Altidore, logo colocou os americanos na frente novamente aos 40 minutos do primeiro tempo. Foi o primeiro jogo de Altidore como titular e também, aos 18 anos, foi o mais jovem jogador a marcar um gol pela seleção dos EUA.

O segundo tempo mal começou e Magallón empatou novamente para os mexicanos, logo aos 2 minutos. Os gols pararam por aí, mas ambos os times ainda tiveram chances de ampliar o marcador. Ao final os EUA saíram satisfeitos por manter a invencibilidade, e o México por mostrar poder de reação depois de estar atrás no placar por duas vezes.

MLS em Penn?

O governador do estado da Pensilvânia anunciou, no último dia 31/01, planos de financiar, com US$ 47 milhões, a construção de um complexo esportivo voltado para o soccer junto com prédios residenciais e comerciais na cidade de Chester (ao lado de Filadélfia). Do valor previsto para financiamento, US$ 25 milhões seriam destinados à construção de um estádio exclusivo para o futebol e com capacidade para 18.500 espectadores. O restante do dinheiro para a construção do estádio (estimados em mais US$ 110 milhões) viria de outras entidades públicas e privadas. O investimento total no complexo será de US$ 500 milhões e a previsão é que o estádio esteja pronto no primeiro semestre de 2010.

Com isso, ganha força a candidatura da Pensilvânia para ter o seu time na MLS. Tanto o governo estadual como a iniciativa privada demonstram com essas ações, além da criação da empresa FC Pennsylvania LLC, a firme intenção de trazer uma franquia da MLS para o estado.

E a candidatura ganhou mais força ainda com a contratação, em 08/02, do executivo Nick Sakiewicz, como CEO da FC Pennsylvania LLC. Sakiewicz é um dos fundadores da MLS e já foi presidente e general manager dos extintos Tampa Bay e NY MetroStars (atual NY Red Bull), tendo ganho por 2 anos o prêmio de executivo do ano na MLS (aqui, dirigente ou cartola é conhecido como executivo, porque todos os clubes são empresas). Sakiewicz foi goleiro pela Universidade de New Haven e jogou profissionalmente nos EUA, Portugal e França. Se a candidatura da equipe da Pensilvânia der certo, o time será o 16º da MLS e provavelmente entrará somente no campeonato de 2010.

SHOOTOUTS

– Um pouco mais de história sobre o confronto entre Estados Unidos e México. No total já são 54 jogos entre os rivais, desde 1934, com 29 vitórias do México e 14 vitórias dos EUA. Porém, desde 1957, jogando em casa, os Estados Unidos venceram 12 jogos e perderam apenas 6. Além disso, desde que realmente começou a rivalidade entre as duas seleções em 1990, foram 27 jogos, sendo 12 vitórias dos Estados Unidos e 7 vitórias do México.

– Ainda falando em seleção, os EUA jogarão mais dois amistosos internacionais como preparação para as eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. Os norte-americanos viajarão novamente para a Europa para enfrentarem a Polônia, no dia 26 de março, e a Espanha, no dia 4 de junho.

– E agora foi a vez de Zé Roberto, que hoje joga no Bayern de Munique, dizer que pode vir a jogar na MLS a partir de 2009. O craque brasileiro que fará 35 anos em breve, afirmou que tem feito contato com um clube da MLS para transferir-se para os EUA em 2009 (seu contrato com o Bayern vai até junho de 2009), e garante que a possibilidade é real. Pesa na decisão de Zé Roberto o fato de estar a muito tempo no futebol europeu e a saída do técnico Ottmar Hitzfeld do Bayern de Munique no meio deste ano, que foi quem o levou de volta à Alemanha.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo