Espanha

Xavi: “Há quatro anos, eu era um câncer para o Barcelona”

Na véspera do clássico entre Barcelona e Real Madrid, que acontece neste sábado, o meia Xavi afirmou em entrevista ao jornal francês “L'Equipe” que não contava com a confiança do técnico Frank Rijkaard.

“Rijkaard não acreditava em mim. Ele queria o nosso jogo baseado no físico. Há quatro ou cinco anos, eu era péssimo e inútil, um câncer para o Barcelona. Um jogador de 1,70m era inviável para ele”, declarou o meio-campista de 32 anos, que elogiou muito seu atual técnico, Pep Guardiola.

“Guardiola é revolucionário porque forma jogadores como se fossem treinadores”, analisou. Ainda na entrevista, Xavi disse também que a solução para jogar contra o Barcelona é “tirar a bola” do time catalão.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo