Copa do MundoEspanhaEuropaFiscalize Catar 2022Mundo

Xavi está acrescentando um capítulo vergonhoso à sua carreira ao apoiar Copa no Catar

O que Xavi fez pelo Barcelona já está lá, escrito na história do clube, seu espaço no coração dos torcedores, garantido. Sua imagem nos pôsteres de títulos marcantes do Barça não será apagada, e a influência que teve sobre o modo de jogar dos meio-campistas atuais deverá ter repercussão por mais algum tempo. Mas tudo isso não é imaculado, e o catalão conseguiu encontrar uma das pouquíssimas maneiras para conseguir manchar uma carreira tão brilhante. O apoio à realização da Copa no Catar é descabido, nauseante e, diante de tudo o que já se sabe sobre a escolha do país como sede do Mundial, difícil de compreender.

FIFAGATE: Confira nossa cobertura do escândalo de corrupção da Fifa

Pouco antes de Xavi anunciar oficialmente sua ida para o Al Sadd, já se especulava que parte do acordo incluía a promoção da Copa de 2022 através da imagem do jogador, campeão mundial em 2010. Conforme este anúncio se aproximava, os rumores sobre isso cresciam, eram dados como certeiros, mas ainda assim era duro acreditar que o meia realmente se sujeitaria a isso. Na primeira coletiva em solo catariano, confirmando sua posição em relação ao torneio, o embrulho no estômago foi inevitável. Ver alguém que você idolatrou, que grande parte dos fãs de futebol tanto estimou, apoiar publicamente a organização violenta, anti-humanitária e fraudulenta desta Copa é se ver diante do dilema de como separar o indivíduo do artista, da obra que criou.

Como disse acima, já sabemos há algum tempo da decisão de Xavi, mas será sempre impossível evitar a náusea ao vê-lo defendendo a competição, como em sua última entrevista sobre o assunto, em 16 de junho, publicada no site do torneio. A força dos argumentos utilizados pelo espanhol são de saltar os olhos, e não positivamente.

“Antes, tínhamos que viajar para as partidas um dia antes. Aqui, o fato de que você não precisa viajar longas distâncias é uma vantagem. Também acho que jogar em novembro e dezembro permitirá aos jogadores chegar ao torneio nas melhores condições possíveis. Também há estádios que já estão colocando ar-condicionado, então acho que as condições existem para fazer desta Copa do Mundo um grande sucesso. Será um benefício para os jogadores”, comentou.

Copa 2022: Tudo o que já escrevemos sobre o Mundial no Catar

Além do choque ético ao ver Xavi em tal posição, o que mais surpreende é a falta de noção na decisão. Não podemos afirmar com 100% de certeza, mas é basicamente impossível que o posicionamento do catalão seja por alguma questão pessoal. Trata-se, é claro, de questão financeira, de parte do projeto ao qual se sujeitou ao negociar com os catarianos e acertar sua transferência para o futebol do país. Ainda assim, o descompasso do jogador com tudo o que cerca a competição é espantoso. Sobretudo no cenário em que ele chegou ao Al Sadd, com os escândalos da Fifa dominando os noticiários, seria bem mais prudente que se abstivesse de qualquer posicionamento.

VEJA TAMBÉM: Barcelona, está na hora de conversarmos sobre sua amizade com o Catar

Nem mesmo uma figura política de poucos escrúpulos, daquelas caricatas mesmo, que mais parecem personagens, gostaria de se expor publicamente assim ao lado de uma organização cujos adjetivos positivos são basicamente inexistentes e cujos defeitos são tão exacerbados e de tantos níveis diferentes que fazem parecer absurdo que a escolha do local como sede ainda não tenha sido anulada. Talvez já seja tarde, mas Xavi precisa rever logo a posição em que se colocou e pensar se o que está recebendo vale a pena o sacrifício de uma imagem que poucas pessoas conseguem alcançar.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo