Espanha

Tito está de volta e o Barcelona tem motivos para comemorar

O Barcelona terá a volta do seu treinado no fim de semana, no jogo contra o Celta, fora de casa, segundo anúncio no site do clube. Tito Vilanova voltará a comandar o time do banco de reservas após mais de dois meses de tratamento nos Estados Unidos para um câncer na glândula parótida. E os blaugranas têm motivos para comemorar.

Com Jordi Roura, assistente técnico, no comando do time desde o dia 22 de dezembro, o time fez 19 jogos, com 12 vitórias, três empates e quatro derrotas, um aproveitamento de 68% dos pontos. Com Tito, o time fez 27 jogos, com 23 vitórias, dois empates e duas derrotas, aproveitamento de 87% dos pontos.

A última partida que Tito comandou o time foi no dia 16 de dezembro, contra o Atlético de Madrid na liga espanhola. Naquele dia, o time venceu por 4 a 1 o forte time do centroavante Falcao Garcia.

Mesmo que o futebol antes do problema de saúde de Tito já não convencesse em alguns momentos, o Barcelona certamente sentiu a falta do treinador, no mínimo pelos resultados melhores que o time tinha.

O que é fundamental é que Tito Vilanova pode tentar solucionar os problemas que ficaram mais evidentes nas derrotas e nos jogos que o time venceu, mesmo sem jogar tão bem quanto antes. A magia está ali, os craques estão em campo. Falta um pouco de movimentação, falta encaixar quando Fàbregas joga e Iniesta é deslocado para o ataque.

A vitória contra o Milan já mostrou que o Barcelona tem uma força que poucos times conseguem igualar. Resta saber fazer o time jogar assim sempre que é necessário – leia-se Liga dos Campeões. Uma nova derrota como foi a no primeiro jogo das oitavas de final para o Milan pode não ter volta dessa vez.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo