Espanha

Simeone sobre a vitória contra o Betis: “Apareceu o time que queríamos”

O Atlético de Madrid teve a atuação mais completa da temporada para despachar o Betis, que vinha em boa fase, por 3 a 0

O Atlético de Madrid fez sua partida mais completa da temporada no último domingo para vencer o Betis, que vinha em ascensão, por 3 a 0, com poucos riscos na defesa e uma produção interessante na frente. Uma atuação em que apareceu o time que Diego Simeone está buscando, segundo o treinador argentino que, suspenso, assistiu ao jogo das tribunas.

O atual campeão espanhol voltou a vencer após dois empates consecutivos nos quais foi vazado quatro vezes. Contando a derrota para o Liverpool, sete gols concedidos em três jogos. Mas o sistema defensivo mais eficiente das grandes ligas europeias voltou ao seu melhor para limitar bastante a produção do Betis.

“Foi o jogo mais regular, com certeza. Em todo momento controlamos o jogo. Jogamos o que queríamos, trabalhamos muito bem. A equipe vinha em um período em que não encontrava o que tivemos contra o Betis, um esforço coletivo enorme. Apareceu o time que queríamos”, disse.

Simeone fez questão de exaltar a atuação de Antoine Griezmann, contratado no começo da temporada do Barcelona. “Tivemos o Griezmann de sempre, trabalhando, dando passes, se colocando em posições de marcar. Precisamos dele assim. É o que queremos quando pensamos nele”, afirmou.

Agora as atenções de Simeone se voltam para Anfield, onde o Atlético de Madrid enfrenta o Liverpool na próxima quarta-feira pela quarta rodada da fase de grupos da Champions League. “Estávamos ocupados com La Liga. Precisávamos voltar a ganhar para continuar junto aos candidatos. A partir de segunda-feira, começa outro torneio para o qual vamos nos preparar”, explicou.

O Atlético de Madrid chegou a 22 pontos em 11 rodadas, a dois de Sevilla e Real Madrid, e a três da Real Sociedad, que já disputou 12 jogos.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo