Espanha

Sem oposição, Florentino Pérez é reeleito no Real Madrid até 2025

Em mera formalidade, o presidente foi reeleito e ocupa o cargo desde 2009 em uma reunião de apenas 14 minutos

Para surpresa de ninguém, Florentino Pérez se reelegeu como presidente do Real Madrid até 2025. Aos 74 anos, ele ocupa a presidência do clube pela segunda vez, já que esteve no cargo de 2000 a 2006, quando foi sucedido por Ramon Calderón. Três anos depois de largar o osso, se candidatou novamente para ocupar o cargo mais tempo – lá se vão 11 anos desde que reassumiu a cadeira.

A reeleição desta terça-feira foi uma mera formalidade. A diretoria de eleições do clube se reuniu nesta terça-feira de manhã para formalizar o novo mandato do dirigente. Sem qualquer oposição, a reunião que definiu Pérez por mais quatro anos à frente do clube durou apenas 14 minutos.

Neste segundo mandato no Real Madrid, Florentino Pérez teve muito sucesso. Logo ao reassumir o posto, em 2009, fez três contratações de peso: Kaká, melhor do mundo em 2007; Cristiano Ronaldo, melhor do mundo em 2008; e Karim Benzema, um dos atacantes de mais potencial do mundo na época. Tirando o brasileiro, os outros dois foram sucessos estrondosos no clube. Também chegou Xabi Alonso, outro que teve bastante sucesso pelos merengues.

Em 2014, depois de muita espera, o clube conquistou a sua tão esperada “La Decima” com o técnico Carlo Ancelotti no comando e já com Gareth Bale, outra contratação de peso feita pelo presidente. Depois, de 2016 a 2018, conquistou três vezes consecutivas a Champions League sob o comando de Zinedine Zidane, chegando a 13 títulos da competição – o segundo mais bem-sucedido é o Milan, com sete taças, seguido por Bayern de Munique e Liverpool, com seis cada.

Conhecido por suas contratações estelares, Florentino Pérez fez algo incomum na sua trajetória após o fim da temporada 2019/20, que terminou com título de La Liga para o clube: não fez qualquer contratação, e ainda liberou Gareth Bale e Martin Odegaard por empréstimo (este já no meio da temporada). Eden Hazard, contratado em 2019, não conseguiu ser o sucesso esperado, atormentado por lesões que o permitiram estar em campo apenas 25 jogos em La Liga desde que chegou do Chelsea.

Embora em tese esta fosse uma temporada para começar a renovação do elenco, o que Zidane tem feito é o contrário disso, priorizando os jogadores mais experientes no seu time titular. Tem dado certo: o time está na cola do Atlético de Madrid em La Liga, em um momento melhor que o rival, e deu passo importante para se classificar à semifinal da Champions League depois de vencer o Liverpool por 3 a 1 no jogo de ida das quartas de final, em Madri.

Florentino Pérez terá até 2025 para renovar um elenco que tem seus protagonistas já com mais de 30 anos. Liderado por Karim Benzema, de 33 anos, ainda precisa resolver a questão Sergio Ramos, de 35 anos, ainda com lenha para queimar, que não renovou seu contrato que vence em junho. Tem ainda no meio-campo Luka Modric, outro com 35 anos, além do seu companheiro de setor, Toni Kroos, com 31.


Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo