Espanha

Real Madrid libera documentos de Calderón para justiça

O Real Madrid liberará informações para juiz espanhol nesta quarta-feira, sob acusações de fraudes eleitorais na última assembleia geral do clube, em dezembro.

“Um funcionário da justiça apareceu hoje no escritório do clube para solicitar informações complementares sobre os processos que acontecem no Tribunal de Primeira Instância número 32 em Madri, e a informação está sendo providenciada”, afirmou o Real Madrid em um comunicado. “O clube ofereceu toda a cooperação do Real Madrid em fornecer as informações pedidas pelo juiz.”

De acordo com rádio local, cinco policiais acompanharam o oficial de justiça, que retirou livros contábeis dos anos de presidência de Ramón Calderón, desde julho de 2006.

Calderón deixou o cargo em janeiro após o jornal Marca divulgar as fraudes eleitorais no clube em dezembro. O ex-presidente foi ouvido dia 20 de maio sobre o caso, e ele e outras 13 pessoas cometeram delitos passíveis de penas de prisão de seis meses a quatro anos, de acordo com a justiça espanhola.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo