Espanha

Raúl pede união e maior respeito ao Real Madrid

Um dia depois da eliminação do Real Madrid da Copa do Rei, Raúl colocou um pouco mais de lenha na crise vivida pelo clube no momento. Em entrevista coletiva, o atacante pediu união a torcedores, elenco, comissão técnica e dirigentes da equipe merengue.

As declarações do jogador tiveram como pano de fundo as críticas feitas por Ramón Calderón alguns dias antes. O presidente do Real Madrid criticou jogadores durante uma conferência no Centro Universitario Villanueva. Pouco depois, o dirigente se reuniu com os atletas e lhes pediu desculpas.

Rául reclamou da atitude do presidente, e cobrou uma mudança de postura. ´Temos de dar uma imagem diferente e mais unida. e fazer com que não seja esta. Não é a idônea para um clube com a história do Real Madrid. Tem de haver respeito mútuo para com os sócios e torcedores. Somos os primeiros interessados em ganhar´, disse.

O jogador assegurou que o encontro entre o dirigente e os jogadores foi bom, apesar do clima tenso. “Estávamos concentrados quando soubemos disso e logo pedimos um encontro para esclarecer essas palavras e também discutir fatos anteriores que já estavam incomodando nosso time. As palavras dele criaram um mal-estar e foram inoportunas. O presidente nos pediu desculpas e o encontro foi positivo. Ele garantiu que isso não vai mais acontecer, pelo bem de todos, do clube, dos jogadores, dos sócios e dos torcedores”, contou.

O capitão do Real Madrid analisou a situação atual do time. “Em alguns momentos nos sentimos desprotegidos. Todos somos culpados, a começar por nós, jogadores, que poderíamos ter feito muito mais. O grupo está unido, mas poderia ser melhor. Esta é uma situação estranha, nunca vivida antes”, comentou.

As últimas semanas no clube merengue foram bastante conturbadas. Além do desempenho irregular dentro de campo, o time tornou-se centro das atenções devido a dois jogadores. David Beckham anunciou sua saída do elenco no final da temporada, e anunciou um acordo com o Los Angeles Galaxy. Já Ronaldo segue com seu futuro indefinido. O técnico Fabio Capello e Calderón não contam mais com o ‘Fenômeno’, que estaria perto de rescindir seu contrato e se transferir para o Milan.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo