América do SulEspanhaMundo

Quem desafia? Invicta há 18 jogos, Espanha derrota Uruguai

Sem perder desde novembro de 2011, a Espanha continua honrando os títulos de campeã europeia e mundial. A Fúria não teve muitas dificuldades para superar o Uruguai por 3 a 1, em amistoso disputado no Qatar, e acumula 18 partidas de invencibilidade. A partida ainda ajudou os espanhóis a manterem uma escrita: além de Brasil e Argentina, nenhum outro país sul-americano conseguiu vencê-los.

Sem contar com Iker Casillas, Xavi e Xabi Alonso, Vicente Del Bosque deu espaço a Victor Valdés, Santi Cazorla e Juan Mata entre os titulares. Já no ataque, Cesc Fàbregas foi utilizado mais uma vez como falso centroavante. Do lado do Uruguai, Edinson Cavani e Luis Suárez eram o destaque do 11 inicial, formando a linha de frente no 4-3-1-2 de Óscar Tabárez.

Impondo seu tradicional jogo de posse de bola, a Espanha sofria com pressão exercida pela marcação uruguaia. Ainda assim, a Roja abriu o placar aos 16 minutos, com ajuda fundamental de Fernando Muslera. Fàbregas arriscou da intermediária e o goleiro não foi com a mão firme segurar o chute, engolindo o frango.

Depois do gol, a Celeste cresceu na partida e passou a pressionar, apostando em bolas longas. A Espanha chegou a balançar as redes pela segunda vez, mas a arbitragem anulou o gol de Carles Puyol anotando impedimento. Foi a deixa para que os uruguaios empatassem aos 31, com Luis Suárez dando corta-luz e deixando Cristian Rodríguez em ótimas condições para marcar.

Com David Villa e Gerard Piqué em campo no segundo tempo, a Espanha precisou de apenas seis minutos para retomar a vantagem. Piqué enfiou a bola para Pedro invadir a área e chutar cruzado, anotando o segundo. Porém, os uruguaios permaneceram ameaçando, com Valdés fazendo grande defesa em finalização de Cavani.

O restante da partida perdeu ritmo, com os dois times realizando várias alterações. Ainda assim, houve tempo para o terceiro gol da Espanha. Fàbregas fez o cruzamento, Muslera não achou a bola e Pedro apareceu na segunda trave para escorar. O Uruguai ainda tentou pressionar em busca de mais um gol, sem sucesso.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo